O que fazer em Chiang Rai

Localizada no extremo norte da Tailândia foi fundada em 1262 pelo Rei Mangrai para ser a capital daquela Dinastia. Conquistada, posteriormente, pela Birmânia – atual Myanmar – que manteve seu domínio por centenas de anos. Somente após 1786, Chiang Rai ficou subordinada à Chiang Mai, tendo sido proclamada uma província da Tailândia apenas em 1933.

IMG_0291

Em Chiang Rai está o famoso Templo Branco. Também, fica a cerca de 1h30 do Triângulo Dourado que é o encontro de três países: Tailândia, Laos e Myanmar.

VIAJA DAQUI ou O que fazer em Chiang Rai.

Fui à Chiang Rai num bate-volta bem cansativo, saindo de Chiang Mai. Nesse dia fomos ao Templo Branco, ao Parque e ao Triângulo Dourado. Saímos às 8h e chegamos às 22h, sendo que ficamos 9h dentro do carro, nos deslocamentos. Na minha opinião o ideal é sair de Chiang Mai e se hospedar em Chiang Rai, mas os voos saindo de Chiang Rai para o próximo destino, Krabi, não estavam nada convidativos.

IMG_0250

IMG_0260

IMG_0256
Hot Spring

 

Nossa primeira parada foi no Hot Spring, uma parada de estrada grande, com boa estrutura, muitas lojas de souvenirs e, principalmente, de prataria, minha irmã comprou dois anéis, mas tem muitas outras peças de cozinha, esculturas e muito mais. Também, tem banheiros e uma loja da Seven Eleven. A Seven Eleven é um mercadinho 24h que está espalhado por toda a Tailândia.

O mais legal, porém, é que o local fica numa região de águas termais e vemos o vapor saindo dos poços e muitas moças vendendo ovos cozidos nestes mesmos poços. Muito bacana.

 

IMG_0275IMG_0285IMG_0303IMG_0304IMG_0305IMG_0311IMG_0312IMG_0317IMG_0328IMG_0332IMG_0333

Chiang Rai

 

Depois, seguimos direto para o espetacular Wat Rong Khun ou Templo Branco de Chiang Rai é ainda mais impressionante ao vivo do que em fotos. Existem algumas controvérsias em torno dele e nem todos gostam muito, pois ele é um Templo novo, que começou a ser construído em 1998, mas só terminará em 2070, isso mesmo, pois trata-se de um grande complexo.

Em seu interior existem imagens de super-heróis como Wolverine. Segundo o autor do Templo, Charlermchai Kositpipat, essas imagens e paredes remetem ao cérebro humano e a forma como ele é tomado pela ilusão com a realidade. Infelizmente, fotos são proibidas em seu interior, que achei bem simples.

Quanto ao Templo externamente, seu gesso representa a pureza de Buda e os pedaços de vidro sua sabedoria. Ainda, na parte externa, vemos duas esculturas representando o Portão do Paraíso, são estátuas com expressões bem fortes.

Na ponte que liga a parte de fora à de dentro vemos demônios, crânios, mãos, tudo isso para representar a transição do inferno, no início da ponte, até o Nirvana, que é o Templo em si, à partir da existência terrena , a ponte propriamente dita. Ficamos aproximadamente 1h por aqui. Está aberto das 6h às 17h.

O Templo é Lindíssimo, mas minha irmã deu uma esculhanbada nele, dizendo que era bem Joãozinho Trinta… é! Pode ser…

 

IMG_0345

IMG_0376

IMG_0390
Tá Maluco…. Parque Temático Chang Puak Camp

Nosso motorista sugeriu e seguimos para um Parque, próximo ao Templo Branco, o Parque Temático Chang Puak Camp. Nesse Parque encontramos de tudo um pouco, dá para passar o dia por lá, facilmente.

Tem Passeio com Elefante, Tribo com Mulheres Girafa, Passeio de Quadriciclo, Show com Crocodilos e mais.

Vimos o Show com Crocodilos e achamos interessante. Já havíamos conhecido as Mulheres Girafas e já tínhamos cuidado de Elefantes, não quisemos passear em cima deles. Deu muita vontade de fazer o Passeio de Quadriciclo na floresta ao redor, mas o tempo era escasso. Ficamos mais ou menos 1h, no Parque.

Visite o site do Parque clicando aqui.

IMG_0414IMG_0416IMG_0417IMG_0420IMG_0423IMG_0428IMG_0435IMG_0457IMG_0454IMG_0447

Mais 1h30 de estrada…, sempre mais distante de Chiang Mai, nosso ponto de partida, até chegarmos ao Triângulo Dourado, que é encontro entre Tailândia, Laos e Myanmar, no rio Mekong.

O que achei mais bacana de ter ido até lá foi que, em nenhum Blog havia lido sobre a possibilidade de atravessarmos para o Laos, num barquinho pra lá de emocionante. O barquinho não é para qualquer um.

Nem chega a ter alfândega, pois ficamos num lugar que tem um comércio com muitos…. chineses… eles te perturbam para vender alguma coisa… vão baixando os preços e só falta te oferecerem seus produtos de graça.. . valeu porque comprei uma camiseta do Laos e experimentei a cerveja local. Ficamos cerca de 2h na região do Triângulo Dourado. Foi bacana, o que foi brabo mesmo, mas brabo pra valer, foram as 5h para voltar para o nosso Hotel em Chiang Mai. Por isso, não aconselho esse bate-volta que incluí o Triangulo Dourado, pois fica muito muito puxado.

OUTRAS ATRAÇÕES:

Como disse acima, o dia que fiz é muito puxado. Eu trocaria o Triangulo Dourado por visitas a outros Templos de Chiang Rai, no caso, o Templo Azul e o Templo Negro.

Templo Azul - Chiang Rai
Templo Azul. Foto: Google Images.
Templo Negro - Chiang Rai
Templo Negro. Foto: Google Images.

Wat Phra Kaeo ou Kaew: Templo onde dizem ter sido encontrado o Buda Esmeralda, que teria aparecido após um terremoto ou um raio…. ou seja, há controvérsias…

Rong Suea Ten ou Templo Azul: Terminado em 2016, tem cores fortes e convidativas;

Baam Dam ou Black House: Parque com construções e esculturas;

Museu do Ópio: Conta toda a História e como se transforma a Papoula em droga. Fica perto do Triângulo Dourado;

Hill Tribes: No caminho de Chiang Rai podemos conhecer algumas Tribos do norte in loco. Entre elas a maior é a Akha que migrou da China. Acredita-se que hoje cerca de 80.000 Akhas vivam na região de Chiang Mai e Chian Rai.

Night Bazaar: Mercado noturno de Chiang Rai que acontece diariamente. Como fizemos em bate-volta não deu para visitar.

Veja outros posts do VIAJA DAQUI que têm tudo a ver com a Tailândia nos links abaixo:

CHIANG MAI

CUIDANDO DE ELEFANTES EM CHIANG MAI

NIGHT BAZAR EM CHIANG MAI

AYUTTHAYA

RAILAY BEACH

SIEM REAP

Gostou? Deixa suas dicas, dúvidas, críticas ou elogios nos comentários, por favor. Obrigado de coração pela visita no Viaja Daqui.

5 comentários em “O que fazer em Chiang Rai

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s