Praça Tiradentes

A Praça Tiradentes é mais um dos muitos pontos da cidade do Rio de Janeiro com muita História. Então, vamos mostrar e falar um pouquinho dela.

IMG_3449
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

O começo do passeio, que sugiro que faça, começa pelo entorno da Praça, no cruzamento da rua Silva Jardim com a rua da Carioca. Para referência olhe para um Hotel da rede Íbis Budget, sou fã do Íbis…. olhe um pouquinho mais à esquerda e verá a linda Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro, inspirada na Catedral de Saint Pierre, de Genebra, foi construída em 1862. Passe pelo Íbis e vá até a Igreja Presbiteriana, tirar umas fotos.

IMG_3408
Teatro João Caetano
IMG_3415
Estátua do ator João Caetano

Quando estiver voltando para a Praça, já olhando para o outro lado, verá o Teatro João Caetano. É isso mesmo, você ainda não vai entrar na Praça. Vai para a frente do Teatro, que é a casa de espetáculos mais antiga do Rio de Janeiro, inaugurada por D. João VI , em 1813, com o nome de Real Theatro de São João, também foi palco para importantes fatos históricos, pois, foi nele que assinaram a primeira Constituição brasileira. O Teatro já recebeu diversos artistas de renome nacional e internacional. Passou por reformas e recebeu seu nome definitivo em 1923 em homenagem ao ator João Caetano que também foi proprietário do Teatro. A estátua que está a frente dele também é uma homenagem ao ator. Muito frequentado pela sociedade no século XX, hoje costuma apresentar ótimos musicais ligados a Música Brasileira, confira a programação.

Posicionando-se de frente para o Teatro João Caetano, do lado direito tem uma Pracinha, onde está a Biblioteca Real – Gabinete Português de Leitura, já falo dela…

IMG_3412
Academia e Gafieira do Centro Cultural Carioca

Antes, continue virando para a direita até encontrar um belo prédio amarelo e branco. A construção é muito bem administrada e cuidada por seu administrador, Isnard Manso, proprietário do Centro Cultural Carioca. Nele funcionam, além da Academia de Dança do Centro Cultural Carioca, nos andares de cima, um restaurante, na parte de baixo. Se estiver passando por lá numa sexta-feira, entre 12h e 15h, suba para curtir uma autêntica e concorrida Gafieira – Baile de Dança de Salão -, promovida pelo Centro Cultural Carioca. Imperdível. Foi neste local incrível que fiz Dança de Salão durante três anos, só parando por que deixei de trabalhar no Centro da cidade, mas a Dança nunca mais saiu, nem sairá da minha Vida. Rua Sete de Setembro, 237.

IMG_3419
Centro Cultural Carioca e antigo Dancing Eldorado

Então, entre na pracinha que está do lado direito do Teatro João Caetano. Na sua esquina funciona a Casa Noturna do Centro Cultural Carioca (CCC), a casa mais divulgada pela mídia que recebe diversos músicos da atualidade, na Rua do Teatro, 37. O prédio do CCC de grande interesse histórico, mas de menor beleza exterior, foi onde entre os anos 30 e 60 funcionou o Dancing Eldorado, que recebeu grandes nomes da música brasileira. Nele, nasceram muitas páginas da História artística e musical carioca e brasileira, entre as mais famosas está a do cantor Orlando Silva, que ouviu pela primeira vez a música Carinhoso, tocada pelo próprio Pixinguinha. Maravilhado, foi atrás de convidar Braguinha para escrever a letra. A canção foi gravada pela primeira vez em 1937. A Academia e a Casa Noturna Centro Cultural Carioca são administradas por Isnard Manso. Confira a programação.

IMG_3422
Biblioteca Real – Gabinete Português de Leitura

Nesta pracinha, também está um dos prédios mais bonitos, em minha opinião, da cidade do Rio de Janeiro, a Biblioteca Real – Gabinete Português de Leitura. A instituição foi fundada em 1837 por um grupo de quarenta e três imigrantes portugueses, refugiados políticos, para promover a cultura entre a comunidade portuguesa na então capital do Império. Estava fechada quando fui, mas pelo que sei vale a pena fazer uma visita interna.

O edifício da atual sede, projetado pelo arquiteto português Rafael da Silva e Castro, foi erguido entre 1880 e 1887 em estilo neo manuelino. Este estilo arquitetônico evoca o exuberante estilo gótico-renascentista vigente à época dos Descobrimentos Portugueses, denominado como manuelino em Portugal por haver coincidido com o reinado de D. Manuel I (1495 – 1521).

O Imperador D. Pedro II (1831 -1889) lançou a pedra fundamental do edifício em 10 de Junho de 1880, e sua filha, a Princesa Isabel, junto com seu marido, o Conde d’Eu, inauguraram-no em 10 de Setembro de 1887. Funciona de segunda à sexta das 9h às 18h.

IMG_3411
Praça Tiradentes

Depois de todo esse pré-Praça, agora manda ver e entre na Praça Tiradentes.

Nascida no século XVII, recebeu o nome de Rossio Grande, em alusão ao Largo do Rossio, de Lisboa, depois chamada de Campo dos Ciganos, devido a ocupação por tendas de ciganos. Passou a ser conhecida como Campo da Lampadosa, após a construção da Igreja de Nossa Senhora de Lampadosa, em 1747. A partir de 1808 foi chamada de Campo do Polé, por causa da instalação de um Pelourinho – local de punição para escravos e criminosos.

O nome atual da Praça Tiradentes veio em 1890, em comemoração ao centenário do Mártir, que morreu em 1792, próximo a ela, na esquina da Rua Senhor dos Passos com a Avenida Passos.

IMG_3435
Estátua de Dom Pedro I

Siga para seu principal monumento, o Monumento Equestre de Dom Pedro I, segurando a Primeira Constituição do Brasil, inaugurada em 1862. Em seu pedestal existem quatro esculturas indígenas que representam os quatro maiores rios brasileiros. Há certa controvérsia sobre os rios representados serem os maiores do Brasil.

IMG_3434
Estátua representando A Justiça

Em 1865, a praça recebeu quatro Estátuas em ferro fundido, representando as quatro virtudes das nações modernas: a Justiça, a Liberdade, a União e a Fidelidade.

IMG_3439
Teatro Carlos Gomes

Em 1872, foi nela inaugurado o Teatro Carlos Gomes, outro Patrimônio Carioca, com mais de um século de história.

IMG_3429

IMG_3430
Estudantina Musical

Atravessando a Praça chegará na Gafieira Estudantina Musical, a Gafieira mais tradicional da cidade do Rio de Janeiro. Acho ela um tanto descuidada por fora, mas está em funcionamento até hoje. Fundada em 1931, na Rua Paissandu, chegou no endereço atual em 1942. Tombada como Patrimônio Cultural Carioca, recebe turistas do mundo inteiro para suas noites dançantes – Gafieiras -, embaladas por Bandas e Orquestras que nos remetem ao Rio Antigo.

Muito em breve o VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) estará te ajudando nesse roller. Um posto de bicicletas do Bike Rio, já está instalado por lá.

Desejo um Ótimo Passeio e que o post ajude cariocas e turistas a aprenderem um pouco da História do Rio de Janeiro!

Se achou o relato útil deixa um comentário, mande suas perguntas e acrescente informação! Fale sobre algum lugar do Rio do qual gostaria de ler um relato!

Obrigado de coração pela visita ao VIAJA DAQUI.

Anúncios

2 comentários sobre “Praça Tiradentes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s