Hiroshima e a Bomba Atômica

Todos pensam se devem visitar Hiroshima ou deixar passar. Meu conselho? Visite! O lugar é bem cuidado e tudo é tratado de forma a refletirmos demais sobre esse desastre que pode destruir a todos nós. Um pouco de consciência nunca fará falta. Foi umas das experiências mais impactantes que tive até hoje. Se quiser evitar o Museu, evite, pois é nele que verá imagens mais fortes. Mas, o Parque? Vá e Reflita sobre a VIDA!

Cortada pelo Rio Ota, Hiroshima tem seis canais que dividem a Cidade em Ilhas, tendo crescido em volta de um Castelo Feudal do século XVI, recebendo o estatuto de cidade em 1589.

A Cidade experimentou um grande crescimento após 1870, quando a Economia Japonesa passou de rural para uma economia industrial urbana.

Hiroshima funcionou como um Quartel General durante a Primeira Guerra Sino-Japonesa, entre 1894/1895, entre Japão e China com foco no controle da Coréia (aqui). Continuar lendo “Hiroshima e a Bomba Atômica”

Maceió, a Capital do Caribe Brasileiro.

Estive em Alagoas por sete dias de umas curtas férias, a Viagem teve quatro dias na capital Maceió e três dias em Maragogi e Ponta de Mangue. A Capital Alagoana é agradável com algumas praias que surpreenderam e outras que ficaram abaixo da expectativa. O Estado de Alagoas é conhecido como o Caribe Brasileiro por causa das suas Piscinas Naturais e da sua água claríssima, um título merecido, pois realmente nadei em águas muito cristalinas quando estive por lá.

VIAJA DAQUI ou O que fazer em Maceió em três dias:

Apesar de ter ficado quatro dias por lá, não conto um dos dias que fiquei sem compromissos.

Dia 1

PRAIA DA JATIÚCA, PRAIA DE PONTA VERDE e BARRACA LOPANA

Tire o dia de sua chegada para ficar light. No meu caso, cheguei no início da tarde e passei o dia passeando pelas Orlas das Praias de Jatiúca, Ponta Verde e Pajuçara.

Programe seu dia caminhar pelo calçadão da Praia da Jatiúca, Praia de PajuçaraPraia de Ponta Verde, onde está a Barraca Lopana.

Li muitas comparações da Lopana com as Barracas da Praia do Futuro, em Fortaleza, como a Crocobeach e a América do Sol, mas são coisas 100% diferentes….. a Lopana parece mais um quiosque de praia bacana, muito bacana, é como um quiosque da Praia de Copacabana ou da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, com ótimos petiscos e excelentes caipirinhas.

Lopana

WANCHAKO

À noite vá conhecer o Restaurante Wanchako, localizado na Praia de Jatiúca. Ele já foi considerado por muito tempo como “O Melhor Restaurante Peruano do Brasil”. Realmente é muito bom e vale a pena demais.

End.: Rua Francisco de Assis, 93 – Jatiúca;
Tel.: +55 (82) 3235-2151;
Site do Wanchako: aqui.

Wanchako

Dia 2

HIBISCUS

Tire um dia inteiro para o Hibiscus, na Praia de Ipioca. Achei o melhor dia em Maceió. A Praia de Ipioca é linda com um mar delicioso, junto a isso misture o Hibiscus que tem uma estrutura bem bacana com comes e bebes de primeira. Foi um daqueles dias bem acima das expectativas. Que Dia!

Apesar de estar de carro fui de ônibus porque queria beber. Foi bem fácil. Não lembro detalhes, mas é fácil encontrar mais informações aqui na Internet ou pergunta no seu Hotel.

End.: Rodovia Alagoas, 101, Norte – Residencial Angra de Ipioca;
Tel
.: +55 (82) 3234-1340;
Site do Hibiscus: aqui.

IMG_8487

IMG_8458
Hibiscus e Praia de Ipioca

Dia 3

Neste dia vá Passear pelas Praias do sul de Maceió.

PRAIA DO FRANCÊS

Vá (se estiver de carro) à Praia do Francês que é muito conhecida dos surfistas e que ouço falar desde minha adolescência, quando era Surfista, é muito famosa, mas….. sinceramente? Ficou abaixo das expectativas, a Praia tem ondas, uma boa faixa de areia e só. Talvez eu tenha que voltar para mudar minha opinião e acho que deve incluir em seu Roteiro sim, claro.

IMG_8546
Praia do Francês

MIRANTE DO GUNGA

Siga para o Mirante do Gunga, que acho imperdível e oferece uma vista espetacular de milhares de coqueiros e a Lagoa do Roteiro em contato com o Mar. Incrível! Pode parar no Mirante e preparar a câmera, porque vai tirar muitas fotos.

IMG_8555

IMG_8557
Mirante do Gunga

PRAIA DO GUNGA

Para fechar vá curtir a Praia do Gunga. Por ali passei um bom tempo, apesar de também achar a Praia abaixo da expectativa, o mais bacana é que vemos aqueles coqueiros bem típicos de Alagoas, que ficam um tanto tombados pela ação do vento. Quando lembro de Alagoas lembro de Praias com muitos coqueiros.

IMG_8574

Praia do Gunga

Sempre que Viajo vou de peito aberto e curto tudo que é canto. Chego com Espírito de me divertir e aproveitar o lugar, não importa se é em Saquarema ou Paris. Dito isso eu curti muito Maceió, porém, sei que buscam sempre uma opinião quando estão fazendo pesquisas na Internet, então, digo que Maceió não é das minhas capitais prediletas do Nordeste. Por outro lado, eu Amei os dias em Maragogi e a Rota Ecológica. Quando Viajei fiquei quatro dias em Maceió e três na Rota Ecológica e Maragogi, se fosse hoje eu trocaria ou até tiraria mais um dia de Maceió. Hoje em dia eu pegaria o Carro direto no Aeroporto e seguiria para a Rota Ecológica, deixando Maceió para encerrar a Viagem.

Outra coisa é que eu também esperava um movimento maior à noite, mas as ruas se esvaziam cedo. O melhor de Maceió, na minha opinião, foi o Hibiscus na Praia de Ipioca; o Restaurante Wanchako e o Mirante do Gunga, pode colocar estes no seu Roteiro e ser Feliz!

Veja outros posts do VIAJA DAQUI que têm tudo a ver com Maceió nos links abaixo:

MARAGOGI – PONTA DO MANGUE

Gostou? Deixa suas dicas, dúvidas, críticas ou elogios nos comentários, por favor. Obrigado de coração pela visita no Viaja Daqui.

Ponta do Mangue, Alagoas

Ponta de Mangue ou Ponta do Mangue fica coladinha em Maragogi. Nela Você encontrará Piscinas Naturais e uma Barreira de Corais que se chega a pé na Maré Baixa, caminhando por cima de um imenso Banco de Areia, que se forma da Praia até os Corais. Incrível e Imperdível.

Maragogi (33)

O ponto exato em que se caminha pelo banco de areia fica bem em frente ao resort Grand Oca Maragogi. Um famoso resort da região que vira e mexe está em promoção. Fica de olho.

Sei que considerei esse Passeio o mais bacana de todos que fiz em Maragogi. Continuar lendo “Ponta do Mangue, Alagoas”

Natal Luz em Gramado e Arredores

NATAL LUZ em GRAMADO
com Nova Petrópolis, Bento Gonçalves e Canela.
Grupo Reduzido: 10 Pessoas no máximo.
Dias: 6.
Opção 1: 15/12 à 20/12/2020.
Opção 2: 19/01 à 24/01/2021.

Olá!
Tudo Bem?

Vamos para um dos Eventos mais famosos e agradáveis do Brasil?

O Natal Luz de Gramado é muito concorrido, a Cidade fica toda decorada e cheia do Espírito Natalino.

Uma vez nas Serras do Rio Grande do Sul é claro que vamos fazer uma boa Farra pelos Arredores de Gramado.

Nossa Viagem começa com Hospedagem em Nova Petrópolis onde visitamos o Parque Aldeia dos Imigrantes e a Praça das Flores com seu Labirinto Verde. Nova Petrópolis também é famosa por suas Lojas de Couro, onde comprei a carteira que uso há mais de cinco anos e continua como nova.

Em bate-volta de Nova Petrópolis visitamos a região de Bento Gonçalves e Carlos Barbosa, no Vale dos Vinhedos. Lá visitamos a Vinícola Miolo, a loja da Tramontina, a Epopeia Italiana, além de curtir o Passeio de Maria Fumaça. Também curtimos a famosa Noite Alemã em Nova Petrópolis com Música e Gastronomia Típicas.

Em Gramado temos bate-volta para Canela com sua Catedral de Pedra, a Cascata do Caracol, a novíssima plataforma Skyglass (se estiver inaugurada), outro bate-volta para o lindo Templo Budista de Três Coroas. Visitamos a fábrica dos Cristais de Gramado, Lago Negro, Mini Mundo, Noite Italiana, entre muitas outras Atrações. Continuar lendo “Natal Luz em Gramado e Arredores”

O Templo dos 2000 Toris, Fushimi Inari-Taisha

Apesar de fazer parte de Kioto, o Templo Fushimi Inari-Taisha merece um post exclusivo por dois motivos: 1) Precisa fazer um Bate-Volta, pegando trem em Kioto. Num bate-volta de dia inteiro também é possível incluir Nara no mesmo dia; 2) Ele é um Templo incrível demais com uma super peculiaridade, que é um imenso túnel de Toris, são mais de 2000. É INCRÍVEL! UMA AVENTURA BEM DIVERTIDA!

São quatro quilômetros de trilhas pela montanha. Como eu fui para Nara no mesmo dia, andei por cerca de meia hora pelos Toris e voltei. Dá para passar uma manhã ou tarde inteirinhas por lá! E vale a pena, viu?

Inari: Deus do Arroz.

Tori: Portão Tradicional Japonês ligado a Religião Xintoísta com o objetivo de mostrar a entrada ou proximidade de um Santuário. Saiba mais sobre Tori aqui.

Xintoísmo: Podemos dizer que é a Espiritualidade Tradicional do Japão. Vem de muito antes do surgimento do Budismo. Este é um assunto que prefiro não me aprofundar porque é muito fácil passar alguma informação errada. Para procurar entender melhor sobre o Xintoísmo clica aqui.

História do Fushimi Inari-Taisha: aqui.

Fushimi Inari - Japao - 2019 (12)Fushimi Inari - Japao - 2019 (4) Continuar lendo “O Templo dos 2000 Toris, Fushimi Inari-Taisha”

O Grandioso Monte Fuji

Monte Fuji. Os Japoneses chamam de Fuji-San, que significa Senhor Fuji, é a Montanha mais alta da Ilha de Honshu e de todo Arquipélago Japonês com 3.776 metros. Está no Parque Nacional Fuji-Hakone-Izu, próximo ao Oceano Pacífico, a Oeste de Tóquio de onde pode ser avistado em dias limpos. Existem três cidades em volta do Monte Fuji: Gotemba; Fuji-Yoshida; e Fujinomiya. O Monte Fuji é Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO e sem dúvida é o maior cartão postal do país.

Japao 2019 Fuji (1)

São cinco os Lagos que o rodeiam: Kawaguchiko (é nesse que fui depois de pesquisar todas as formas. Entre todas as opções Kawaguchiko tem a melhor relação Paisagem x Facilidade de chegar. Explico mais abaixo); Yamanaka; Sai (que oferece uma bela vista da Montanha); Motosu (que estampa as notas de 5.000 Yens); e Shoji. Continuar lendo “O Grandioso Monte Fuji”

St Paul de Vence é uma Galeria de Arte disfarçada de Cidadela

Uma Belíssima Cidadela Medieval da Riviera Francesa, Saint Paul de Vence tem uma peculiaridade: suas vielas são repletas de pequenas Galerias de Arte. É daquelas Vilas deliciosas com muitas Ruelas Fotogênicas.

Nível: Imperdível!

Riviera Francesa - St Paul de Vence - 2019 (24)Riviera Francesa - St Paul de Vence - 2019 (26) Continuar lendo “St Paul de Vence é uma Galeria de Arte disfarçada de Cidadela”

Tokyo é Incrível

Tókio, Tokyo ou Tóquio é uma Cidade Apaixonante! Você verá que durante o post escrevo o nome da Capital Japonesa das três formas, pois, gosto das três! Cidade Imensa e Vibrante com um Povo muito bacana. O Japonês é colaborativo, educado e muito humilde. Todas as vezes que precisei de ajuda as Pessoas paravam tudo que estavam fazendo para ajudar, mesmo que não falassem Inglês. Isso foi o que mais me marcou! Além disso, não achei a cidade cara como falavam, principalmente, nos eletrônicos. Achei até barato, pois, pelo smartphone comparava os preços com o site da famosa americana “Best Buy” e eram sempre muito parecidos. AMEI TÓKIO!

Tókio ou Tóquio quer dizer “Capital do LESTE”, traduzindo literalmente temos “Tó = Leste”; “quio = Capital”. Situada em Honshu, a Maior Ilha do Arquipélago, sua área metropolitana possui 37.000.000 de habitantes, o que faz dela a Área Urbana Mais Populosa do Mundo. Fundada em 1457 com o nome de Edo ou Yedo, tornou-se Capital com o atual nome em 1868. Tókio sofreu duas grandes destruições, uma com o chamado Grande Terremoto de Kanto (aqui), em 1923, e durante a Segunda Grande Guerra Mundial, quando sofreu bombardeios maciços dos americanos, em 1944 e 1945. Em ambas as destruições os japoneses reconstruíram a cidade, que hoje é uma das mais famosas e importantes metrópoles do Mundo.

Para mais História de Tóquio clica aqui.

VIAJA DAQUI ou O que fazer em Tókio:

Apesar de colocar 3 dias no Roteiro para Tókio, aconselho fortemente colocar mais algum(ns) dia(s), porque vale muito a pena ter algum tempo livre nesta cidade incrível.

DIA 1

OBS: Se possível e para não ficar corrido, divida este “Dia 1” em dois! Mexa com todas as opções do que fazer em Tóquio e lembre-se: Coloque dias extras para a Capital Japonesa! Se puder fique cinco dias cheios por lá.

JARDINS DO PALÁCIO IMPERIAL

Pode-se fazer uma visita ao Palácio Imperial e passear pelos Jardins.

PARQUE UENO

Famoso para as Festas Hanani, onde os japoneses se juntam para apreciar as cerejeiras, fica localizado em Taito. O Parque é agradável em todas as épocas do ano. No Parque estão o Jardim Zoológico, Templos e Museus. Dá para combinar com um Passeio no Templo Senso-ji, no bairro de Asakusa.

TEMPLO SENSO-JI

Templo Budista construído no século VII, tem em seu entorno Lagos com Carpas e Monumentos Budistas.

SANTUÁRIO MEIJI JINGU

Santuário Xintoísta, fica no Parque Yoyogi. Um dos Templos mais visitados de Tókio. Aos Domingos têm Casamentos. Saiba mais sobre o Xintoísmo clicando aqui.

Tokio - Japao 2019 (48) Continuar lendo “Tokyo é Incrível”

Bangkok é a Alma do Sudeste Asiático

Bangkok, em tailandês “กรุงเทพมหานคร”, é uma Cidade vibrante! Principal hub (aeroporto de conexão) para visitar o Sudeste Asiático, ela tem que estar no seu Roteiro.

Capital e maior cidade da Tailândia é o principal centro financeiro, comercial, cultural e histórico do país. Banhada pelo Rio Chao Phraya, possui perto de 8,3 milhões de habitantes.

Começou como um pequeno posto de comércio do Reino de Ayutthaia, no século XV. Bangkok está situada no centro do antigo Reino de Sião e passou por uma grande modernização no século XIX. Em 1939, mudaram o nome de Reino de Sião para Tailândia. Nos anos de 1960 à 1980 cresceu bastante, passando a ter grande influência e força. Altos investimentos dos Tigres Asiáticos – Hong Kong, Cingapura, Coreia do Sul e Taiwan – nas décadas de 80 e 90 levaram muitas multinacionais para a cidade.

Como o crescimento foi desordenado a cidade é mais uma das muitas capitais caóticas espalhadas pelo mundo, mesmo assim, foi a segunda cidade mais visitada do planeta em 2006. Bangkok é uma cidade que me lembra muito São Paulo. Na Global Destination Cities Index da Mastercard ela é considerada a cidade mais visitada do mundo, até porque seu Aeroporto é o principal hub de entrada para quem vai visitar o Sudeste Asiático. Foi também escolhida como A Melhor Cidade Turística do Mundo pela revista americana Travel + Leisure por quatro anos seguidos.

Bangkok 2017 e 2019 (33)

Continuar lendo “Bangkok é a Alma do Sudeste Asiático”

Roma, sua História e Atrações

A capital italiana nasceu como um pequeno povoado, nos idos de 753 a.c. Seu primeiro registro só apareceu 500 anos depois. Com o tempo, Roma tornou-se o polo principal de uma vasta civilização que mandou na região Mediterrânea durante séculos, vindo a ser derrubada por tribos Germânicas, data em que se deu início a “Idade Média” na Europa (aqui).

Caso queira saber apenas sobre as Atrações de Roma, desce direto até chegar em “VIAJA DAQUI ou O que fazer em Roma”.

ROMA ANTIGA: Desenvolvida a partir da cidade-estado de Roma, durante o século VIII a.c. Durante seus doze séculos de existência se tornou um vasto império que dominou a Europa Ocidental. Uma série de fatores levou a Queda do Império Romano, entrando em colapso total, durante o século V d.c. Tem uma vasta História e para quem quiser se aprofundar basta clicar no link abaixo.

Para mais História da Roma Antiga clica aqui.

QUEDA DO IMPÉRIO ROMANO: A Queda do Império Romano do Ocidente foi um processo que levou alguns séculos, começando em 117 d.c.. Posteriormente, em 376, o Império começou a perder partes consideráveis de território para os Godos (aqui) e outros Povos Bárbaros (aqui). Sendo a data que demarca o fim do Império Romano o Ano de 476 d.c., quando Odoacro (433 – 493 d.c) (aqui) depôs o Imperador Rômulo Augusto (461 – entre 500 e 512 d.c) (aqui).

Vale ressaltar que esta data de 476 d.c. é a data escolhida pelos Historiadores para demarcar o início da Idade Média.

Para mais História da Queda do Império Romano clica aqui.

Roma post (8)

IMPÉRIO BIZANTINO ou IMPÉRIO ROMANO DO ORIENTE: Desde Criança aprendemos que quando houve a “Queda do Império Romano”, o Império acabou, mas não foi isso que aconteceu…. aprendi depois de véio que Roma já tinha sua extensão em Constantinopla (atual Istambul, Turquia). Mesmo com a Queda do Império Romano do Ocidente, cuja Capital era Roma, o Império Bizantino continuou a se desenvolver por mais de 1.000 Anos vindo a cair pelo Império Otomano (aqui).

Bom! Eu tenho que resumir ao máximo e quem quiser ir se aprofundando tem que ir clicando nos links, porque, por exemplo se eu for falar do Império Bizantino vou sair do tema “Roma” e ter que entrar na História de Constantinopla (que antes era Bizâncio, hoje é Istambul), falar do Grande Cisma (aqui) que foi a divisão da Igreja Católica entre Católica Apostólica Romana e Católica Apostólica Ortodoxa, falar das Cruzadas (aqui) e dos Otomanos. Neste post sobre Roma dá para passar um dia inteiro (ou mais) se for clicando nos links! Desejo uma Boa Leitura e Ótimo Aprendizado para quem quiser mandar brasa nos links!

Para mais História do Império Romano do Oriente clica aqui.

ROMA MEDIEVAL: Após sua Queda muitas guerras empobreceram a Península Itálica, nos séculos V e VI d.c. O Império se dividiu em muitos novos Reinos Independentes. A cidade de Roma cedeu parte de seu território para a fundação do Vaticano, cujos Papas saiam do próprio Senado Romano. Com o tempo os Papas ganharam força e tornaram-se mais poderosos do que os senadores locais. Continuar lendo “Roma, sua História e Atrações”