Val d’Orcia, a Toscana dos Cartões Postais

Sabe aquela Toscana que vemos nos Filmes e Capa de Revistas de Turismo? Pois é, ela está bem aqui na Região do Val d’Orcia. O Val d’Orcia acaba sendo menos visitado do que o Vale do Chianti porque ele fica mais ao sul da Toscana, mais distante de Florença. Para visitar o Val d’Orcia Você tem que ir para o Val d’Orcia. Fica muito ruim para fazer de bate-volta de Florença. Coloque no seu Roteiro uns dias para estas paragens, se hospede por aquelas bandas, de preferência fique mais de um dia para fazer outros bate-volta como Assis, Siena/San Gimignano, Arezzo, entre outros. Quer saber? Se puder passe uns dez dias hospedado nesta Região da Toscana fazendo um sem número de bate-voltas e relaxando. A maior prova disso é que resolvi desmembrar este post em outros, mantendo este aqui apenas para o Val d’Orcia.

Toscana Pequeno 2018 - 5 (418)Toscana Pequeno 2018 - 5 (84)Italia - Celular - 2019 (1090)Italia - Celular - 2019 (632)

Alguns dos outros posts que nascem desta Região são: Siena, Pienza, San Gimignano, Assis, Bosco della Spina, Castelo di Banfi, e o que mais vier por aí nas próximas idas e vindas para estas Estâncias! Continuar lendo “Val d’Orcia, a Toscana dos Cartões Postais”

O Rio Reno e o Jardin des Deux Rives, em Strasbourg e Kehl

O Rio Reno é um dos Rios mais Importantes da Europa e, por que não do Mundo? O Reno é o Rio que banha Strasbourg, sendo a Fronteira entre França e Alemanha, na Alsácia.

Strasbourg - 2016 - 6 (346)Strasbourg - 2016 - 6 (368)

Tem como fazer um Passeio bem Legal por ali com uma Caminhada pelo Parque Jardin des Deux Rives, atravessando da França para a Alemanha através de uma Ponte exclusiva para Pedestres. Adorei o Passeio que fiz por lá com Minha Grande Parceira de Oba-Oba pela Europa, Thereza! Continuar lendo “O Rio Reno e o Jardin des Deux Rives, em Strasbourg e Kehl”

Strasbourg é a Melhor Cidade e Base na Alsácia

Strasbourg , em português Estrasburgo, é a melhor base que Você pode escolher na Alsácia. A Cidade é Incrível. Em Strasbourg encontramos um Comércio muito forte, Restaurantes Excelentes e uma Ótima estrutura para receber o Turista. Com todo respeito a meus colegas Blogueiros e Blogueiras que falam muito de usar Colmar (aqui) como base para explorar a Alsácia, na minha Opinião, Strasbourg dá de 1000. Repito, na “Minha Opinião” use Strasbourg como base para visitar a Alsácia.

A Cidade foi fundada, como um Campo Militar, pelos romanos em 12 a.c e se expandiu ao redor.

Strasbourg e Alsacia - Pequeno - 2018 - 9 (169)

Em 842 aconteceram os Juramentos de Strasbourg, que são nada mais nada menos do que a mais antiga prova escrita das línguas francesa e alemã. Muito Top! Continuar lendo “Strasbourg é a Melhor Cidade e Base na Alsácia”

Festa Medieval em Châtenois, na Alsácia

Em uma das vezes em que fiz a Rota dos Vinhos da Alsácia esbarrei numa “Cidadelinha bem Pequeneninha” e nesta Cidadelinha bem Pequeneninha estava tendo uma enorme Festa Medieval.

Alsacia 2016 (97)

Alsacia 2016 (129)

Nem piscamos e paramos, mudamos o Roteiro do dia tirando uma cidade da Rota dos Vinhos daqui, um pouco de tempo de Colmar dali e passamos umas três horas por lá vendo o movimento, as apresentações, as diversões, a comida, enfim, tudo que a Alsácia tem de melhor para oferecer em dia de Festa! Continuar lendo “Festa Medieval em Châtenois, na Alsácia”

Colmar é a Queridinha da Alsácia

Estive em Colmar por três vezes, sempre encerrando os dias de bate-volta na Rota do Vinho da Alsácia. Sempre como bate-volta desde Strasbourg.

Alemanha, Alsacia e Austria (1113)

Confesso que Colmar foi uma das cidades que ficou abaixo da minha expectativa e olha que é difícil isso acontecer. Lia tanto que Colmar era a melhor base na Alsácia, mas, comparativamente a Strasbourg, acho que deixa muito a desejar, pois, Strasbourg é incrível. Bom! Essa é minha opinião. Continuar lendo “Colmar é a Queridinha da Alsácia”

Ribeauvillé, na Rota dos Vinhos da Alsácia

A cidade é puro charme embrulhada para presente. Um centrinho histórico muito bem preservado e pequenino com a vista das ruínas de um Castelo ao fundo, no topo de uma Montanha. Pelo que vi nos estudos para o post são três ruínas de Castelos dos Lordes de Ribeaupierre, mas só tem um Castelo bem visível.  No Centro Histórico tem uma Casa que mantém permanentemente um grande ninho de Cegonha no telhado, torres, portões e Casinhas de Contos de Fada. Ribeauvillé é muito fotogênica e Romântica.

Alsacia (88)

Se quiser conhecer outras Cidades da Rota dos Vinhos da Alsácia saiba que é possível conhecer Ribeauvillé em aproximadamente uma hora. Continuar lendo “Ribeauvillé, na Rota dos Vinhos da Alsácia”

Obernai, na Rota dos Vinhos da Alsácia

Com mais de 10.000 habitantes pode ser considerada uma cidade grande da Alsácia. Ela é a cidade mais próxima a Strasbourg e se tiver pouco tempo ou não queira ir muito longe esta é a melhor cidade. apesar de que ela está longe de ser uma das mais queridas, na minha opinião.

Strasbourg e Alsacia - Pequeno - 2018 - 9 (30)

Uma coisa bacana na cidade é que ela tem boa estrutura e restaurantes. Uma vez almocei muito bem em Obernai, no Restaurante La Halle Aux Bles, clica aqui e vai lá. Continuar lendo “Obernai, na Rota dos Vinhos da Alsácia”

Mittelbergheim e a Vinícola Boeckel

Mittelbergheim entrou no Roteiro por ser o local onde um Amigo do Grupo que levava para a Alsácia, Danilo Boeckel, perguntou da possibilidade de incluir no Roteiro uma “passada” por lá. Depois de ver que Mittelbergheim faz parte da lista das Mais Belas Aldeias da França e de ver que a Domaine Boeckel é muito bem conceituada, coloquei no Roteiro.

Alsacia (43)

Alsacia (36)

Alsacia (15)

A Rota dos Vinhos da Alsácia é repleta de cidadelas para se visitar e ainda quero conhecer todas. O nome Mittelbergheim é uma ótima amostra de como esta Região da França ainda tem muitas raízes alemãs. Vale lembrar que a Alsácia trocou de mãos várias vezes e alguns moradores chegaram a ter suas identidades trocadas quatro vezes durante suas Vidas. A Alsácia passou definitivamente para os Franceses após a Segunda Guerra Mundial. A cidadela tem 3,83km de extensão e tinha 653 habitantes em 2010.

Continuar lendo “Mittelbergheim e a Vinícola Boeckel”

Fazenda da Taquara, Barra do Piraí, próximo a Vassouras, Rio de Janeiro

A Fazenda da Taquara é uma Fazenda simples se comparada a outras Fazendas que estão por perto, mas ela tem um Grande porém! Trata-se de uma Fazenda que está na Família há quase 200 Anos. Seu proprietário João Carlos Streva é um Cara Muito Bacana, que fala da História da Região com muita propriedade. Seu Filho Marcelo Streva é quem cuida da Fazenda e da Memória da Família com dedicação total.

Fazenda da Taquara 2019 (18)

Apesar de ser a Fazenda mais simples das que visitei durante o Festival do Vale do Café, foi a que muitos e muitas de meu Grupo mais gostaram e eu estou com eles e elas, também foi uma das que mais gostei! Que visita bacana! Que Aula de História! Obrigado, Marcelo! Continuar lendo “Fazenda da Taquara, Barra do Piraí, próximo a Vassouras, Rio de Janeiro”

Museu Casa da Hera, em Vassouras

Na outra vez em que havia estado em Vassouras tentei visitar a Casa da Hera, mas a Casa estava fechada para minha decepção. Na vez seguinte me programei para garantir a visita. A Casa da Hera fica fechada aos sábados e domingos pela manhã, então, se estiver por lá no fim de semana, programe-se para ir à tarde.

Casa da Hera 2019 (7)

A Casa é um grande exemplar do período do Café na região e muito bem cuidada. Pena que fotos são proibidas em seu interior. Continuar lendo “Museu Casa da Hera, em Vassouras”