Heidelberg! Um Nome que te Convida!

Visitamos Heidelberg como bate-volta de Rothenburg. Foi cansativo, mas era uma cidade que todo mundo queria conhecer! Sabe aquele lugar que a gente quer visitar só pelo nome? E Heidelberg é um nome que chama, né? Então fomos! Parece que muita gente pensa o mesmo, porque é lotada de Turistas! Olha como foi:

img_7835

Pelo mapa, vi que começar o roteiro pelo outro lado do Rio Neckar seria perfeito

, só que é difícil arrumar vaga… resultado, um carro conseguiu parar, mas, o outro, teve que voltar e parar no centro… atrasou um pouquinho..

Situada no Vale do rio Neckar, em Baden-Württemberg, sua primeira menção vem de 1196.

img_7773img_7960

Heidelberg é muito conhecida por sua Universidade. A Universidade de Heidelberg é a mais antiga da Alemanha, sendo fundada em 1386. Funciona até os dias de hoje, sendo a cadeira de Medicina, uma das mais concorridas no Mundo.

Heidelberg também foi um importante centro da Reforma Protestante, acolhendo Martinho Lutero, em 1518.

No século XIX, Heidelberg era um dos principais centros do Romantismo Alemão, abrigando poetas, escritores e pintores, fazendo-a ser conhecida como a Cidade do Romance.

O Homem de Heidelberg – hominídeo que viveu entre 500.000 e 250.000 anos atrás – foi assim chamado, por que seus fósseis foram encontrados nesta região.

VIAJA DAQUI ou O que fazer em Heidelberg:

img_7897img_7904img_7899

img_7907
Alte Brücke

O ponto ideal para começar é a Ponte Alte Brücke, que liga o Centro Histórico ao outro lado do rio Neckar.

img_7900

Passando ela e tirando muitas fotos do Castelo e das margens do Rio, você chega a Brückentor, o Portão da Ponte. Entre na cidade pelo antigo portão. Suas torres guardavam a entrada norte da cidade.

Logo ali ao lado do Portão está o Brückenaffe. A escultura do Macaco na Ponte, que de fato existiu, e por ali ficava. Reza a lenda que quem tocar no espelho do macaco, terá riqueza, se tocar os dedos no macaco, voltará à Heidelberg, e se tocar no ratinhos que estão em volta, terá fertilidade! Alguém vai querer tocar nos ratinhos?

img_7815
Heiliggeistkirche

Entre na cidade e logo chegará na Heiliggeistkirche, a Igreja do Espírito Santo é o edifício mais alto de Heidelberg. Mencionada pela primeira vez, em 1239. O eleitor Ruprecht III, iniciou as obras da Igreja, em 1398, sendo concluída em 1508.

 

 

img_7810
Marktplatz

Ali também fica a Marktplatz, que é a Praça principal com diversas fontes. Nela estão a Prefeitura – Rathaus – e uma fonte com a estátua de Hércules, construída em 1703, para valorizar o tremendo esforço de reconstrução da cidade, após a Guerra dos Nove Anos – 1688 – 1697. Esta guerra foi travada, afim de deter a expansão francesa, no Reno.

img_7798
Haus Zum Ritter

Também na Marktplatz está a Haus Zum Ritter. Prédio de 1592, é considerada uma das típicas estruturas originais de arquitetura da época ainda de pé, na cidade. Hoje, funciona como Hotel. Perto da Igreja do Espírito Santo.

Hauptstrasse

Se quiser dá uma volta na Hauptstrasse, a famosa rua de pedestres de Heidelberg.

img_7893
Madona Am Kornmarkt

Volte da Hauptstrasse e passe pela Madona Am Kornmarkt, a mais importante obra no mercado de grãos de Heidelberg. Esta estátua foi usada para tentar converter a população, de maioria Protestante, ao Catolicismo, no século XVII. Não deu certo, mas, que é uma bela estátua, não há dúvidas.

Como queria chegar logo no Castelo, não fui a Karlsplatz, ela fica ao lado da Kornmarkt, possui uma fonte em homenagem à Sebastian Münster, humanista e cosmógrafo alemão do século XVI.

img_7852img_7838img_7854img_7861img_7874img_7875img_7880img_7883

Passando da Kornmarkt, logo você vai chegar no lugar onde está o funicular que te levará ao Schloss Heidelberg, o Castelo de Heidelberg.

O Castelo de Heidelberg, possui arquitetura Gótica e Renascentista, foi inaugurado, em 1214, é considerado o símbolo da cidade, além de uma das mais famosas ruínas, da Alemanha. Destruído pelas tropas de Luíx XIV, da França, durante a Guerra dos Nove Anos, entre 1689 e 1693. Foi parcialmente reconstruído após essa Guerra. Do Castelo temos uma linda vista da cidade. Com o ingresso do funicular temos direito a subida e descida, o pátio do Castelo, o Barril de Vinho, o Museu da Farmácia e os Jardins.

img_7866

Coisas famosas que não fizemos:

– Universität de Heidelberg: A Universidade de Heidelberg é a mais antiga da Alemanha! Iremos se houver tempo.

– Heuscheur: Antigos estábulos da cidade, onde hoje funcionam salas da Universidade de Heidelberg. Só vamos se o desvio for curto.

– Jesuitekirche: Igreja dos Jesuítas construída para abrigar os Jesuítas que por essas bandas chegaram, em 1698. Só vamos se estiver no caminho.

Veja outros posts que têm tudo a ver com Heidelberg:

Gostou? Deixe suas dicas, dúvidas, críticas ou elogios nos comentários, por favor.

3 comentários em “Heidelberg! Um Nome que te Convida!

  1. Achei lindo Parabéns. Conheço alguma cousa da Alemanha. Mas essé lugar e lindo..posta maisso
    Obrigada

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s