Paris, a Cidade Luz

Paris, a Cidade Luz, deveria fazer parte do Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO por inteira, mas o que consta dos meus estudos, estão como Patrimônio apenas as Margens do Rio Sena!

Vou escrever um pouco sobre Paris e sua História a seguir. Então, se quiser saber direto das Atrações de Paris desce direto para “VIAJA DAQUI ou o que fazer em Paris”.

Paris é a capital e a mais populosa cidade da França, com 2.240.000 habitantes. A cidade se situa em um dos meandros do Rio Sena, no centro da bacia parisiense.

A posição de Paris numa encruzilhada entre os itinerários comerciais terrestres e fluviais no coração de uma rica região agrícola a tornou uma das principais cidades da França ao longo do século X, beneficiada com palácios reais, ricas abadias e uma catedral. Ao longo do século XII, Paris se tornou um dos primeiros focos europeus do ensino e da arte, ao fixarem-se os Reis de França e, também a Corte. Desde então, sua importância econômica e política não cessou de crescer. Assim, no início do século XIV, Paris era a mais importante cidade de todo o mundo ocidental. No século XVII, era a capital da maior potência política europeia. No século XVIII, era o centro cultural da Europa. No século XIX, era a capital da Arte e do Lazer, a Meca da Belle Époque. No século XX, durante a invasão nazista, Paris foi poupada de bombardeios, tendo o governo Francês mudado para Vichy, enquanto Paris era a sede do governo alemão, na França.

Paris 1 - 2012 (13)

Sua Arquitetura, seus Parques, suas Avenidas e seus Museus fazem de Paris uma das cidades mais visitadas no mundo, com cerca de 25 milhões de Turistas anuais.

A densidade da sua Rede Ferroviária, Rodoviária e da sua Estrutura Aeroportuária — um Hub da rede aérea Francesa e Europeia fazem-na um ponto de convergência para os transportes internacionais. Essa situação resultou de uma longa evolução, em particular das concepções centralizadoras das Monarquias e das Repúblicas, que dão um papel considerável à capital do país e, nela, tendem a concentrar ao extremo todas as Instituições. Desde os anos 1960, os Governos sucessivos têm desenvolvido políticas de desconcentração e de descentralização a fim de reequilibrar o país.

Abrigando numerosos Monumentos, por seu considerável papel político e econômico, Paris é também uma cidade importante na História do Mundo. Quer ver um pouco da História do Mundo? Clica aqui. Símbolo da Cultura Francesa, a cidade atrai mais de 25 milhões de visitantes por ano, ocupando, também, um lugar preponderante no mundo da moda e do luxo. Em 2007, a população intramuros (dentro do limite dos antigos muros) de Paris era de 2 193 031 habitantes. Porém, ao longo do século XX, a área metropolitana de Paris, se desenvolveu largamente fora dos limites da comuna original. A Grande Paris é, com seus 11 836 970 habitantes, uma das maiores aglomerações urbanas da Europa e da União Europeia.

Repito que se quiser saber direto das Atrações de Paris desce até “VIAJA DAQUI ou o que fazer em Paris”.

HISTÓRIA:

O primeiro Povoamento de Paris vem da Cultura Chasseana (entre 4.000 e 3.800 a.c).

Depois, um povo Celta da Idade do Ferro, conhecido como Parísios (aqui) habitaram a região até a invasão do romano Julio Cesar, em 52 a.c. Com a invasão Romana a cidade passou a chamar-se Lutécia, pois os Parísios apoiaram a luta contra os romanos aliando-se a Vercingetórix (aqui), porém, Lutécia não passou de uma pequena aldeia romana de aproximadamente 6.000 habitantes, mas com Fórum, Anfiteatro, Palácios, Banhos e Templos.

Paris 1 - 2012 (41)

Paris 1 - 2012 (131)Paris 2 - 2016 (32)Paris 2 - 2016 (124)

Com a Queda do Império Romano e as invasões, a cidade volta a pertencer aos Parísios.

Durante a Idade Média, o rei Clóvis I, admirador da influente Santa Genoveva, fez de Paris a capital do Reino dos Francos, por volta de 506. No século VI, a primeira Igreja é construída do lado direito do rio Sena, mostrando que a cidade passava a crescer.

Após a Guerra dos Cem Anos (aqui) Paris fica bastante arruinada. Em 1429, Joana D’Arc (aqui), falha ao tentar libertá-la dos Ingleses e seus aliados Bourguignons, que não faziam questão de residir na cidade, preferindo o Vale do Loire. Com isso, Paris se transforma numa cidade administrativa e judiciária. A Renascença acaba não beneficiando Paris. Porém, a monarquia se inquieta com o crescimento desordenado da cidade e estabelece limites e regras, em 1500, já na Idade Moderna.

Em 1528 Francisco I, fixa oficialmente residência em Paris, enquanto em 1677, Luis XIV (aqui), escolhe Versalhes, voltando a se afastar da população.

Com a nobreza em Versalhes é que ocorrerá a Revolta, que levará a Revolução Francesa (aqui), já com Luis XVI (aqui) no trono, em 1789. O estopim da Revolução Francesa? O preço do pão! Uma crise na organização e cultivo de grãos, levou ao aumento do preço do pão, e isso levou muitos à fome, pois, o pão era a principal fonte de alimento da população.

Como se percebe, o povo parisiense sempre teve antipatia pela nobreza, que por sua vez não dava muita bola e ainda mantinha distância! Só podia dar nisso…

Após a Revolução, anos sombrios e também anos de conquistas, com o Império de Napoleão (aqui).

Paris 1 - 2012 (105)

Com a chegada do Segundo Império, Paris se transforma radicalmente. De uma cidade de estrutura medieval, de construções antigas e insalubres, e praticamente desprovida de grandes eixos de circulação, ela se torna em menos de vinte anos uma cidade moderna. Napoleão III tinha ideias precisas sobre urbanismo e habitação. A Paris dos dias de hoje é por isso, antes de tudo, a cidade de Napoleão III (aqui) e de Haussmann (aqui).

Durante a Belle Epoque (aqui), Paris tem uma significativa expansão Cultural e Econômica. Em 1913, a cidade possui muitas empresas que empregam um milhão de parisienses.

Quando os nazistas invadiram Paris, a mesma foi poupada de destruição.

A Paris dos dias de hoje é uma cidade repleta de Turistas e ainda uma das mais Belas do Mundo. Paris é a sede das organizações internacionais da UNESCO, OCDE e Câmara Internacional de Comércio.

VIAJA DAQUI ou o que fazer em Paris:

Vou dividir em três dias as atrações. Dias que considero o suficiente para conhecer o principal da Cidade Luz. Mas, deixo avisado que o ideal é ter uma semana na Cidade para Você poder fazer as outras Atrações que indico em “Outras Atrações de Paris”, além dos Bate-Volta, que indico em “Bate-Voltas de Paris”.

DIA 1

Tire o primeiro dia para uma longa e espetacular Caminhada. Sem correria, uma caminhada que pode levar o dia inteiro. Uma Caminhada com paradas nas Principais Atrações Turísticas de Paris.

Falo mais detalhadamente de cada lugar, após a explicação da Caminhada.

Meu conselho é começar na Place de la Concorde (estação de Metrô “Concorde” e onde está a Roda Gigante de Paris) e de lá seguir a Avenida Champs Élysées (Você tem tempo, então entre em algumas lojas), até chegar no Arco do Triunfo. São 2,5 km de Caminhada.

A partir do Arco do Triunfo escolha se quer ir até a Torre Eiffel a pé, de Metrô ou de Táxi:

  • Apesar de ser fácil ir a pé, aconselho que tenha um mapa ou use o GPS do celular. Faça o Download do mapa de Paris em seu celular, antes de viajar, e poderá usar e abusar do Google Maps, mesmo quando estiver sem internet. Indo a pé, você deve buscar a direção do Trocadero. São mais 1,8 km de Caminhada;
  • Se for de Metrô pegue na estação Klebér e duas estações depois estará na estação Trocadero.
  • Se for de Táxi é só pedir para te levar no Trocadero.

Chegando no Trocadero, que tem a Melhor Vista para a Torre Eiffel, siga em direção a Torre e atravesse o Campo de Marte. Atravesse todo o Campo e lá do outro lado tem a estação de Metrô da École Militaire. Se ainda for cedo quando encerrar esse Passeio, escolha outra atração ali embaixo em “Outras Atrações de Paris”.

Vamos ao Roteiro:

PLACE DE LA CONCORDE

Onde está a Roda Gigante de Paris e ponto de partida deste Passeio Incrível por Paris, que inclui a Champs Élysées, Arco do Triunfo e Torre Eiffel.

Paris 2 - 2016 (92)
Place de la Concorde

AVENIDA CHAMPS ÉLYSÉES

A mais prestigiada Avenida de Paris é a Avenida Champs Elysées, chamada pelos parisienses de La Plus Belle Avenue du Monde, possui cafés e lojas de grife. Existem imóveis para alugar na Avenida que chegam a custar 1.500.000 euros/ano. Seu nome, Campos Elíseos, vem do grego e refere-se ao Paraíso dos Mortos, na mitologia grega. Os primeiros projetos para a construção da avenida em linha reta, datam de 1667.

Paris 1 - 2016 (172)Paris 1 - 2016 (175)

Paris 2 - 2012 (191)
Avenida Champs Élysées

ARCO DO TRIUNFO

O Arco do Triunfo foi construído por ordem de Napoleão Bonaparte, em 1806, para a chegada das tropas na cidade! Nele estão gravados os nomes de 128 batalhas e 558 Generais! Em sua base encontra-se o túmulo do Soldado Desconhecido com o fogo eterno! O Arco do Triunfo possui 50m de altura, 45m de largura e 22m de profundidade. Então, do Arco do Triunfo, siga para o mais famoso local turístico do Mundo, a Torre Eiffel, numa caminhada por Belas Ruas e apreciando a Arquitetura Parisiense.

Paris 2 - 2012 (212)Paris 2 - 2012 (191)

Paris 2 - 2012 (218)
Arco do Triunfo

TROCADERO

A mais linda vista da Torre Eiffel é a partir do Trocadero. Tire muitas fotos e se quiser fazer uma pausa para um café, considere o Palais de Chaillot.

Você não pode deixar de ir no Trocadero à Noite, também, para ver a Torre Eiffel iluminada e sua apresentação de Luzes a cada hora cheia. Informe-se em seu Hotel a hora em que as apresentações começam.

Paris 3 - 2016 (20)

Paris 1 - 2016 (122)
Trocadero

TORRE EIFFEL

O Maior Símbolo da França, a Torre Eiffel. Seu nome deriva do nome de seu projetista, o engenheiro Gustave Eiffel (aqui), que a construiu para a Exposição Universal de 1889, mas, que ficou mantida até hoje, para entrar na história como a atração turística paga mais visitada do Mundo!

CAMPO DE MARTE

O Campo de Marte é uma das maiores áreas verdes de Paris e a foto acima foi tirada de lá. Atravesse o Campo, que rende belas fotos, para pegar o Metrô, na estação École Militaire-Place Joffre. Encerrado o passeio para quem cansou. Se ainda tiver disposição vai ali embaixo em “Outras Atrações em Paris”.

Paris 1 - 2016 (80)
Torre Eiffel e Campo de Marte

DIA 2

Estou colocando nesta ordem abaixo, porque a Sacré-Coeur fica mais interessante na parte da tarde, quando muitos turistas sentam em sua escadaria e ficam apreciando a vista de Paris. Outra coisa é que as três atrações que indico ficam distantes umas das outras e um táxi pode ser bem vindo neste dia.

CATEDRAL DE NOTRE DAME

A Catedral de Notre-Dame de Paris é uma das mais antigas catedrais francesas em estilo gótico (aqui). Iniciada sua construção no ano de 1163, é dedicada a Maria, Mãe de Jesus Cristo (daí o nome Notre-Dame – Nossa Senhora), situa-se na praça Parvis, na pequena ilha Île de la Cité em Paris, França, rodeada pelas águas do Rio Sena.

A arquitetura gótica substituiu as paredes grossas das igrejas românicas por colunas altas e arcos capazes de sustentar o peso dos telhados. Como consequência, os edifícios góticos ganharam um aspecto mais leve, e as janelas, mais amplas e altas, foram decoradas com belos vitrais coloridos que filtravam a luz natural, e com isso, criavam um “clima” de misticismo em seu interior.

Vale lembrar que em 15 de Abril de 2019 a Notre Dame sofreu um grande incêndio, passando por uma ampla reforma.

A Catedral de Notre-Dame é repleta de Histórias e Lendas – quem nunca ouviu falar no Corcunda de Notre-Dame? – e merece uma lida pelo Wikipédia (aqui).

Paris 1 - 2012 (129)

Paris 2 - 2016 (5)

Paris 1 - 2012 (122)
Notre Dame

JARDIM DE LUXEMBURGO

O Jardim do Luxemburgo ou Jardin du Luxembourg é o maior parque público da cidade de Paris com mais de 224 mil m², localizado no 6º arrondissement. O Jardim do Luxemburgo atualmente pertence ao Senado da França, que está sediado no famoso Palácio do Luxemburgo.

Esse Jardim é uma dica Pessoal, ok? Particularmente gosto demais. Se possível compre uns queijos e salames e faça um lanche neste lugar muito agradável. Lugar ideal para um passeio e um piquenique.

Em 1611, Maria de Médicis, viúva de Henrique IV, decidiu construir uma réplica do grandioso Palácio Pitti, de Florença. Maria deu início à construção do novo palácio imediatamente e contratou Salomon de Brosse como arquiteto principal. No ano seguinte, Maria ordenou o plantio de 2 mil ulmeiros e contratou especialistas em jardinagem para recriar os jardins que ela conheceu quando criança em Florença.

Paris 1 - 2012 (67)Paris 1 - 2012 (64)

Paris 2 - 2012 (88)
Jardim de Luxemburgo

BASÍLICA SACRÉ-COEUR

Repito que o Roteiro desse dia pode ser feito na ordem que quiser, mas coloco a Sacré-Coueur no final por causa do agito que fica na escadaria em frente, na parte da tarde, quando o Pessoal senta para apreciar a vista de Paris. Aconselho pegar um táxi para chegar, já que ela fica no alto.

A ideia de construir um templo dedicado ao Sagrado Coração surgiu depois da guerra Franco-Prussiana. em 1870.

A Basilique du Sacré-Coueur ou Basílica do Sagrado Coração é um templo da Igreja Católica Romana em Paris, sendo, também, o símbolo do bairro de Monte Martre. A basílica está localizada no topo do Monte Martre, o ponto mais alto da cidade. A basílica do Sagrado Coração foi construída com mármore travertino extraído da região de Seine-et-Marne, o que lhe proporciona uma tonalidade branca.

Um dos monumentos mais visitados da França, a basílica tem o formato de cruz grega adornada por quatro cúpulas, incluindo a cúpula central de oitenta metros de altura. Na abóbada (abside), uma torre serve de campanário a um sino de três metros de diâmetro e de mais de 26 toneladas.

A arquitetura da basílica é inspirada na arquitetura romana e bizantina e influenciou outros edifícios religiosos do século XX.

Paris 2 - 2012 (67)

Paris 1 - 2012 (20)

Paris 2 - 2016 (151)
Sacré-Couer

DIA 3

Dia para visitar o Louvre, o Jardim de Tuileries e tempo livre.

MUSEU DO LOUVRE

Compre seu ingresso antecipadamente e tire o tempo que for necessário para visitar o Museu Mais Famoso do Mundo, o Museu do Louvre.

Lembro que o Louvre fica aberto até às 22h às quartas.

O Museu du Louvre, situado no Palácio do Louvre, é um dos Museus mais famosos do Mundo, possuindo mais de 8.000 anos de História da Humanidade, através de suas relíquias do oriente e do ocidente. O Louvre é o Museu mais visitado do Mundo, com 9,7 milhões de turistas e estudantes, em 2012.

Site Oficial do Louvre: aqui.

Paris 1 - 2012 (81)Paris 1 - 2012 (82)Paris 1 - 2012 (85)Paris 1 - 2012 (86)Paris 1 - 2012 (87)

Paris 1 - 2012 (89)
Louvre

JARDINS DE TUILERIES

Quando sair do Museu do Louvre passeie pelo Jardins de Tuileries, criado no século XVI, a mando de Catarina de Médicis, esse Jardim faz a ligação entre o Louvre e a Avenida Champs Elysses. Se der dê uma olhada na bela Estátua Dourada de Joana D’Arc, na Place des Pyramides. O Jardim possui muitas estátuas e é bem agradável. No final chegará na Roda Gigante, na Place de Concorde, onde começou a Caminhada no Dia 1.

Vejam bem que eu coloco o Museu do Louvre como se Você fosse visitá-lo primeiro neste dia, mas tanto faz. Você pode escolher a sua hora. Lembrando que o Louvre fica aberto até às 22h nas quartas-feiras.

Paris 2 - 2016 (126)

Paris 2 - 2016 (102)
Jardins de Tuileries

OUTRAS ATRAÇÕES DE PARIS:

  • Cafés de Paris: Sentar nos cafés de Paris para um café e um descanso, apreciando o movimento da cidade é tão bom quanto estar em qualquer um de seus principais atrativos turísticos. A vontade é de fazer uma pausa para um café em cada esquina!

Paris 2 - 2012 (435)

  • Museu d’Orsay: Museu que vale muito a pena. Se tiver tempo vá! O edifício que atualmente alberga o Museu, era originalmente uma Estação Ferroviária, Gare D’Orsay, construída para o Chemin de Fer de Paris à Orleans – Caminho de Ferro de Paris à Orleans -, no local onde se erguera, até 1871, um antigo Palácio Administrativo, o Palais D’Orsay.

A Estação foi inaugurada em 1898, a tempo da Exposição Universal de 1900. O projeto foi do arquiteto Victour Laloux.

Em 1939, deixou de ser o terminal da linha que ligava Paris à Orleans, passando a ser apenas uma estação da rede suburbana de caminhos de ferro, e mais tarde, durante a Segunda Grande Guerra Mundial, serviu como centro de correios. Em 1º de janeiro de 1973, a estação foi fechada.

Em 1977, o Governo Francês decidiu transformar o espaço num Museu. Foi inaugurado pelo Presidente François Mitterrand, em 1º de Dezembro de 1986. Os arquitetos Renaud Bardon, Pierre Colboc e Jean-Paul Philipon, foram os responsáveis pela adaptação da estação.

As coleções permanentes do Museu apresentam, principalmente, pinturas e esculturas da Arte Ocidental do período compreendido, entre 1848 e 1914. Entre outras, encontramos no Museu D’Orsay, algumas das mais importantes obras de Vincent Van Gogh, Claude Monet, Edgar Degas, Paul Cézane, Gustave Coubert, Delacroix, Fantin-Latour, Gaudi, Matisse, Pissarro, Renoir, Rodin, Toulousse-Lautrec e muitos outros.

Belíssimo Museu com importantes obras, incluindo algumas das mais valiosas pinturas de Van Gogh. Repito: Vale muito a pena visitar o Museu d’Orsay.

Site Oficial do Museu d’Orsay: aqui.

Paris 2 - 2012 (97)

Paris 2 - 2012 (105)Paris 1 - 2012 (29)

Paris 1 - 2012 (33)
Museu d’Orsay
  • Capela da Medalha Milagrosa ou Capela de Santa Catarina Labouré: Famosa por manter o Corpo Incorrupto da Santa e pelo comércio da famosa Medalha Milagrosa.

Na abóboda do altar encontra-se a oração que Maria nos convida a rezar : “O Marie conçue sans pêché priez pour nous qui avons recours a vous” – “Ó Maria concebida sem pecado rogai por nós, que recorremos a vós”; e o convite que nos dirige : “Venez au pied de cet autel la les graces seront repardues sur tous” – “Vinde aos pés deste altar, aqui as graças serão derramadas sobre todos”.

Eu sou Católico e fiz questão de visitar a Capela. Se for nela, coloque a Atração a seguir no Roteiro, pois, ficam muito próximas e são correlacionadas, a Igreja de São Vicente de Paulo.

Para saber o que é um “Corpo Incorrupto” clica aqui.

Para conhecer a História da Santa clica aqui.

Para conhecer a História da Medalha Milagrosa clica aqui.

Paris 1 - 2012 (7)
Tia Marília e Tio Nebar!
Paris 1 - 2012 (10)
Capela da Medalha Milagrosa com minha Tia Marília e Tio Nebar
  • Igreja de São Vicente de Paulo: Fica a 200 metros da Capela da Medalha Milagrosa. Também mantém a impressionante figura do Corpo Incorrupto do Santo.

Segundo São Francisco de Sales, Vicente de Paulo foi o “Padre mais santo do século”. Faleceu em 27 de setembro de 1660 e foi sepultado na capela-mãe da Igreja de São Lázaro, em Paris. Foi canonizado pelo Papa Clemente XII em 16 de junho de 1737. Em 12 de maio de 1885 é declarado patrono de todas as obras de caridade da Igreja Católica, por Leão XIII.

Para conhecer a História de São Vicente de Paulo clica aqui.

Paris 1 - 2012 (12)
Corpo Incorrupto de São Vicente de Paulo
  • Saint-Chappelle: Esta foi uma Igreja que considerei que o tempo gasto, custo e mão de obra para fazer a visita não compensaram. O que a torna tão famosa e leva a maioria dos Turistas a visitá-la são seus Belíssimos Vitrais.

A Saint-Chapelle é uma capela gótica situada na Ilha de la Cité em Paris, construída no século XIII por Luís IX (São Luís). Foi projetada em 1241, iniciada em 1246 e concluída muito rapidamente, sendo consagrada em Abril de 1248. Os aspectos mais belos e notáveis da construção, considerados os melhores do seu género em todo o mundo, são os seus vitrais emoldurados por um delicado trabalho em pedra, com rosáceas acrescentadas à capela superior no século XV.

Quando eu fui nela, nem pensava em um dia ter um blog. Com isso, não consigo encontrar as fotos que fiz.

Site Oficial da Saint-Chappelle: aqui.

  • Ponte Alexandre III: Considerada a ponte mais bela de Paris a Ponte Alexandre III foi construída em 1896, é uma ponte em arco que atravessa o rio Sena em Paris. A ponte liga o bairro dos Campos Elísios ao do Invalides e Torre Eiffel. É considerada uma das pontes mais ornamentadas e extravagantes de Paris. Está classificada como um Monumento Histórico Francês e faz parte do conjunto arquitetônico formado pelo Grand Palais e Petit Palais.
Paris 2 - 2016 (42)
Ponte Alexandre III
  • Ponte Neuf: A Ponte mais antiga de Paris. Sua construção iniciou-se em 1578.
  • Museus de Paris: Repleta de Museus de grande relevância, deve-se escolher algum que queira ver, entre:
  • CENTRO GEORGES POMPIDOU;
  • MUSEU RODIN;
  • MUSEU PICASSO;
  • MUSEU L’ORANGERIE;
  • MUSEU QUAI BRANLY;
  • MUSEU CARNAVALET;
  • MUSEU DE CLUNY;
  • MUSEU DE L’ARMÉE;
  • e muitos outros, numa lista enorme.
  • Montmartre: Estive lá duas vezes e em nenhuma delas fui tocado! As vezes não gostamos muito de um lugar na primeira vez, mas adoramos na segunda. Não foi o caso. Talvez pelo horário que fui, sempre a tarde.

O Montmartre é considerada uma das áreas mais charmosas de Paris, com seus famosos Cabarés, Cafés, Pintores de Rua na Place de Tertres, e o verde de suas ruas. Nela está o Moulin Rouge, Sacre-Coeur, a Estação Abbesses e sua Bela redondeza, além do Café de Amélie Poulain. Pode começar seu Passeio pela Estação Blanche, começando pelo Moulin Rouge, ou pela Sacre-Coeur e descer.

  • Moulin Rouge: Fica em Montmartre. O mais conhecido, tradicional e familiar Cabaré de Paris.

Paris 3 - 2016 (11)

Paris 3 - 2016 (15)
Montmartre e Moulin Rouge
  • Torre de Montparnasse: Conheça o prédio mais odiado pelos parisienses, hehe… O edifício de 56 andares, tem um elevador super rápido e uma ótima vista de Paris. O Restaurante Le Ciel de Paris, fica no alto da torre. Particularmente, gostei de ir lá e caminhar pelo bairro. No mesmo dia “tentei” visitar as Catacumbas de Paris (próximo ponto).

Paris 1 - 2012 (132)

Paris 1 - 2012 (147)
Torre de Montparnasse
  • Catacumbas de Paris: Queria ter conhecido, mas a fila era imensa e desisti, depois de ficar uns 40 minutos na fila e andar muito pouco. Meu Irmão, Irmã e Pai foram em outra ocasião e também saíram decepcionados, porque apesar de terem entrado, falam que a função levou quase o dia todo.

Sobre as Catacumbas Parisienses acontece que antigamente os enterros dos parisienses se davam nas igrejas, em cemitérios próprios. Isso começou a trazer problemas sanitários para os moradores, logo, as autoridades, a partir de 1785, passaram a organizar e transportar esse ossuário para as Catacumbas, que foram abertas a visitação em 1867. Estima-se que nela estejam de 5 à 6 milhões de pessoas.

As catacumbas foram organizadas em alguns setores do complexo sistema de túneis e cavernas existentes no subsolo de Paris, resultantes de séculos de exploração de pedreiras , desde o período de ocupação romana na cidade. Este sistema de túneis é oficialmente designado “Les Carrières de Paris” (As pedreiras de Paris ou Subterrâneos de Paris) e, embora o ossuário ocupe apenas uma parte dos túneis, todo o sistema é comumente conhecido como “As Catacumbas de Paris” e chega a 400 km de extensão.

As Catacumbas de Paris ficam próximas a Torre de Montparnasse. Logo, dá para combinar ambas.

Site Oficial das Catacumbas de Paris: aqui.

  • Pantheón: Passei pelo Pantheón, em uma de minhas Caminhadas por Paris, mas essas fotos eu perdi. Construído entre 1764 e 1790 para abrigar uma igreja em homenagem à padroeira da cidade, a Santa Geneviève – Santa Genoveva -, o monumento acabou se tornando o Panteão de Paris, onde estão guardados os restos mortais de grandes personalidades francesas: Voltaire, Rousseau, Alexandre Dumas, Emile Zola, Victor Hugo, etc.
  • Cemitério Pére-Lachaise: Também pude visitar em um Passeio que levou uma manhã, mas perdi essas fotos também. Valeu muito a pena, pois foi fácil encontrar os Túmulos mais famosos em um Passeio Diferente e Interessante. O Pére-Lachaise é o Cemitério mais famoso do mundo. Com mais de 70.000 sepulturas, nele estão enterrados Alan Kardec, Abelardo & Heloísa (assistam o excelente filme “Em Nome de Deus”), Jim Morrison, Delacroix, Maria Calas, Chopin, Piaf,…
  • Ônibus 63: É um ônibus circular que passa por diversos pontos turísticos. Ele sai da Porte de la Muerte, atrás do Trocadero. Eu fui e achei bem interessante. Tá certo que a paisagem ficou um pouco atrapalhada, porque fui nele na hora do Rush. O que mais gostei foi ver os Parisienses entrando e saindo em suas rotinas. Foi um Passeio que adorei.

Paris 3 - 2016 (46)

Paris 3 - 2016 (62)
Ônibus 63

BATE-VOLTAS DE PARIS:

Da série coisas que nunca consegui fazer: “Um Bate-Volta a partir de Paris”. Já estive em Paris algumas vezes, mas sempre faltou tempo para um bate-volta ou preferi ficar zanzando em Paris sem compromissos

  • Jardins de Monet: A casa e os jardins onde viveu por 43 anos o pintor Claude Monet, estão abertas ao público e é considerado um belíssimo local, onde funciona um Museu, no lugar onde um dia foi a casa do artista.

Neste lugar, Claude Monet morou e pintou entre 1883 e 1936, data de seu falecimento. Na casa, comprada por Monet, ele criou os cenários ideais que serviam de inspiração para suas pinturas.

Reserve um dia inteiro para a visita.

Dicas para visitar os Jardins de Monet pelo VIAGEM NA VIAJEM do Ricardo Freire tem aqui.

Paris - Jardins Monet - Google
Jardim de Monet – Foto do Google
  • Palácio de Versalhes ou Château du Versailles: O Palácio de Versalhes é um castelo real localizado na cidade de Versailles, uma aldeia rural à época de sua construção, mas atualmente um subúrbio de Paris. Desde 1682, quando Luís XIV (aqui) se mudou de Paris, até a família Real ser forçada a voltar à capital em 1789, a Corte de Versalhes foi o centro do poder do Antigo Regime na França.

Talvez o Palácio mais famoso e visitado da Europa, serviu de inspiração para muitos outros Palácios pela Europa. Aconselha-se tirar um dia inteiro para visitá-lo. Eu nunca fui, porque sempre que fui a Paris trocava o dia marcado para ir até lá por ficar sem compromisso zanzando por Paris.

A História do Palácio ou Château de Versailles é vasta e merece uma olhada no Wikipédia. Clica aqui e vai lá.

Dicas para visitar o Palácio de Versailles no CONEXÃO PARIS tem aqui.

Site Oficial do Palácio de Versailles: aqui.

Paris - Palacio Versalhes 1 - Google

Paris - Palacio Versalhes 2 - Google
Palácio de Versailles – Fotos Google
  • Palácio Fontainebleau ou Royal Château de Fointainebleau: Um dos maiores palácios reais franceses. Fica localizado na cidade de Fontainebleau, departamento de Sena e Marne, no Norte da França. O palácio reflete, atualmente, o trabalho de vários monarcas franceses, construído a partir de uma estrutura inicial de Francisco I (aqui). O edifício estende-se em volta de uma série de pátios. A cidade de Fontainebleau cresceu ao redor do que restava da Floresta de Fontainebleau, um antigo parque de caça Real.

Este palácio introduziu na França o Maneirismo (aqui) Italiano, quer na decoração de interiores quer nos jardins, e transformou-o ao fazer a tradução. O Maneirismo francês na decoração de interiores do século XVI é conhecido como “Estilo Fontainebleau”.

Para visitar o Palácio deve-se reservar um dia, pois este, assim como Versailles, também fica fora de Paris.

Site Oficial do Palácio Fontainebleau: aqui.

Fontainebleau Castle, France
Palácio de Fontainebleau – Foto Google

Compras em Paris:

  • Primtemps: Roupas de Marcas e caras;
  • Galerias Lafayette: Tradicional em Paris, possui lojas de grandes marcas. Para ver como funcionam alguns descontos para brasileiros, vejam o link do Conexão Paris: http://www.conexaoparis.com.br/2015/10/30/le-concierge-servico-das-galeries-lafayette-para-brasileiros/
  • Monoprix: Supermercado que vende roupas e outros artigos. Em 2012, comprei uma camisa de linho, que uso muito e adoro até hoje;
  • Uniqlo: Marca japonesa com produtos básicos e baratos. Nela tem o casaco que estou levando e usando na viagem, é um casaco leve que está super na moda pela Europa. Tem uma loja no Marais e outra maior e mais completa no Palais Garnier.
  • Celio: Loja masculina que conheci em Madrid, mas, que sei que também está em Paris. Comprei bermudas ótimas em promoção, compre uma e ganhe 50% na segunda.
  • Na estação Créiteil-Préfecture (linha 8), tem uma loja chamada Primark que é ótima e tem alguns dos melhores preços de Paris.
  • As lojinhas de Souvenirs de Paris tem aquelas camisetinhas básicas da cidade, que são um sucesso para levar para si e presentear.
  • Muitas outras…

Onde Comer:

Crepes:

  • Muitos carros de Crepe pelas ruas de Paris.
  • BREIZH CAFÉ – LA CREPE AUTREMENT: A Melhor Creperia de Paris. Fica no Marais, 109, rue Vieille de Temple. Próximo ao Museu do Picasso.
  • CREPERIE TY BRIEZ: Fica em Montparnasse.
  • CREPERIE JOSSELIN: 67, rue Montparnasse. Eu fui nesta no dia que visitei a Torre de Montparnasse e foi SENSACIONAL! Maravilha.

Paris 2 - 2012 (539)Paris 1 - 2012 (150)Paris 3 - 2016 (148)

Paris 3 - 2016 (145)
Dois dos muitos Lugares Espetaculares onde comi!

Palavrinhas mágicas:
Bonjour (Bônjur) = Bom Dia;
Bonsoir (Bonssuar) = Boa Noite;
Au Revoir (Ô Rêvuar) = Até Logo;
Sil Vous Plait (Silvuplé) = Por favor;
Merci (Mercí) = Obrigado;
Excusez-moi (Éskysê Muá) = Desculpe;
Parlez Vouz Anglais? (Parlê vú Anglé?) = Você fala Inglês?
Monsieur/Madame = Senhor/Madame

Concluindo, Paris é uma Cidade e tanto, sem dúvida a mais Famosa da Europa. Se Você nunca foi a Europa tem que tentar colocar Paris em seu Roteiro, até porque todo Mundo vai te perguntar: “Conheceu Paris?”. Então visite. Particularmente, tenho muitas cidades e regiões que gosto mais na Europa, mas sempre que vou a Cidade Luz me divirto demais. Tem alguns outros lugares da Capital Francesa que não cheguei a colocar como o Marais e Place de Republique, ou seja, Paris tem atrações sem fim. Por isso digo que, se for possível coloque pelo menos uma semana para visitar a Capital da França!

Veja outros posts do VIAJA DAQUI que têm tudo a ver com Paris nos links abaixo:

Alpes Franceses: ANNECY

Alpes Franceses: CHAMONIX-MONT-BLANC

Alpes Franceses: MÉGEVE

Alsácia: CHATENÔIS

Alsácia: COLMAR

Alsácia: MITTELBERGHEIM

Alsácia: OBERNAI

Alsácia: RIBEAUVILLÉ

Alsácia: STRASBOURG

Riviera Francesa/Côte d’Azur: NICE

Riviera Francesa/Côte d’Azur: ST. PAUL DE VENCE

Riviera Francesa/Côte d’Azur: ÈZE

Provence: LE BAUX e o CARRIÉRES DES LUMIÉRES

Provence: FONTAINE DE VAUCLUSE

Gostou? Tem dúvidas, dicas, elogios ou críticas? Por favor, deixa pra gente nos comentários. Obrigado de coração por visitar o blog Viaja Daqui.

15 comentários em “Paris, a Cidade Luz

  1. Lindo post Vladimir! Extenso como tu disseste, voltarei aqui para melhor explorar cada cantinho.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s