Hiroshima e a Bomba Atômica

Todos pensam se devem visitar Hiroshima ou deixar passar. Meu conselho? Visite! O lugar é bem cuidado e tudo é tratado de forma a refletirmos demais sobre esse desastre que pode destruir a todos nós. Um pouco de consciência nunca fará falta. Foi umas das experiências mais impactantes que tive até hoje. Se quiser evitar o Museu, evite, pois é nele que verá imagens mais fortes. Mas, o Parque? Vá e Reflita sobre a VIDA!

Cortada pelo Rio Ota, Hiroshima tem seis canais que dividem a Cidade em Ilhas, tendo crescido em volta de um Castelo Feudal do século XVI, recebendo o estatuto de cidade em 1589.

A Cidade experimentou um grande crescimento após 1870, quando a Economia Japonesa passou de rural para uma economia industrial urbana.

Hiroshima funcionou como um Quartel General durante a Primeira Guerra Sino-Japonesa, entre 1894/1895, entre Japão e China com foco no controle da Coréia (aqui).

Histórica e Mundialmente, Hiroshima ficou conhecida por ter sofrido um Ataque a Bomba Atômica, às 8h15 da manhã do dia 6 de Agosto de 1945, tendo sido a primeira cidade arrasada pela Bomba de Fissão, que ceifou cerca de 250.000 Vidas Japonesas, principalmente Mulheres e Crianças.

Na Segunda Grande Guerra Mundial, o Segundo Exército e o Exército Regional de Chugoku, tinham sede em Hiroshima. Além disso, a cidade servia como depósito para imensos suprimentos militares, sendo também um Forte Centro da Navegação Japonesa.

Hiroshima 2019 (35)Hiroshima 2019 (23)Hiroshima 2019 (17)

A Bomba Atômica conhecida como “Little Boy”, que atingiu Hiroshima foi carregada por um Avião B-29, chamado “Enola Gay”.

Muitos outros bombardeios aconteceram no Japão, levando dezenas de milhares de Vidas. Tanto em Tóquio, que só de ataques incendiários estima-se que foram ceifadas mais de 90.000 Vidas, quanto em Nagazaki, que também sofreu um ataque a Bomba Atômica.

Enfim, precisamos de estômago para ler sobre isso e acho que cada um que quiser se aprofundar no assunto pode e deve procurar no Google e no Wikipédia, que são locais entupidos de relatos sobre estes acontecimentos humanos.

O Oleandro é a Flor Símbolo da Cidade , por ter sido a Primeira Flor a Nascer após a explosão da Bomba Atômica de 1945.

Por incrível que pareça…. em 17 de Setembro de 1945, um tufão de grandes proporções atingiu Hiroshima levando mais de 3.000 Vidas, numa Cidade já esvaziada e devastada.

Após todo este sofrimento Hiroshima foi reconstruída com o suporte do Governo Federal através da Lei de Construção do Memorial da Paz de Hiroshima, em 1949. A Lei ofereceu em forma de doação muitos terrenos que eram usados para fins Militares, além de ajuda financeira federal.

Desde então Hiroshima tem sido vista e tratada como um Lugar Símbolo da Paz.

Em 2016, o Presidente Barack Obama se tornou o Primeiro Presidente Americano a visitar Hiroshima. A visita do Presidente Americano não incluiu nenhum tipo de Pedido de Desculpas.

História de Hiroshima: aqui.

VIAJA DAQUI ou O que fazer em Hiroshima:

PARQUE DA PAZ

Este Parque foi construído sobre o velho Centro Comercial e Político de Hiroshima. A Região tem grande significado, sentimentos e Monumentos. O ideal é passear um pouco pelo Parque e, depois, seguir para o Museu da Paz. Alguns pontos de interesse são:

GENBAKU DOMU ou DOMO DA BOMBA ATÔMICA

Era a Sede da Antiga Prefeitura e é a única estrutura arquitetônica preservada em memória da grande desgraça que se abateu sobre Hiroshima. O Genbaku Domu acabou por se tornar um macabro cartão postal da cidade.

SINO DA PAZ

O Parque tem três Sinos, o mais conhecido está perto do Memorial das Crianças, com um Mapa do Mundo e um Símbolo Atômico no centro. Somos convidados a tocar este Sino que pode ser ouvido a distância propagando uma Lição de Paz.

MEMORIAL DA PAZ INFANTIL

Neste local está contada a triste História da Menina SADAKO, que foi exposta a Radiação Nuclear aos dois anos, posteriormente, desenvolveu leucemia aos dez anos de idade. Sadako tinha a crença de que se dobrasse 1000 Passarinhos Japoneses, os TSURUS, que representam a Felicidade e a Longevidade, ela estaria curada. Ela conseguiu completar cerca de 600 TSURUS, antes de nos deixar. Seus Colegas de Turma seguiram seu Trabalho e comoveram todas as Escolas do Japão e de outros Países, que acabaram por doar verbas para que fosse construído um Memorial, onde existem três crianças, sendo uma no topo com um Grande Tsuru, além de um Menino e uma Menina parecendo Dançar em volta de uma cápsula.

Ao lado do Monumento existe uma exposição com milhares de Passarinhos de Origami, que são enviados a Hiroshima por Crianças e Adultos do Mundo Inteiro! Eu mesmo conheço Gente que fez 1000 Tsurus e levou para deixar no Memorial.

Foi o momento que mais me emocionou em Hiroshima. Forte!

MEMORIAL DAS CRIANÇAS

Homenagem as CRIANÇAS que foram “convocadas” para destruir casas de madeira típicas, de modo a diminuir os incêndios e das quais muitas acabaram morrendo na tarefa.

CHAMAS DA PAZ

A “Chamas da Paz” é uma Tocha que fica PERMANENTEMENTE ACESA ATÉ QUE TODAS AS ARMAS ATÔMICAS DO PLANETA SEJAM DESTRUÍDAS.

THE BOMB CENOTAPH

Mausoléu em Homenagem as Vítimas da Bomba Nuclear. Nele estão os nomes de todas as vítimas identificadas na tragédia. Fotos são proibidas em seu interior.

HIROSHIMA NATIONAL PEACE MEMORIAL HALL FOR THE ATOMIC BOMB VICTIMS

Interessante Memorial Gratuito. Fica do lado direito do Cenotaph.

HIROSHIMA PEACE MEMORIAL MUSEUM ou MUSEU DA PAZ DE HIROSHIMA

Localizado próximo ao epicentro da explosão nuclear é um local procurado por Turistas do Mundo inteiro. Possui áudio-guia em Português e conta tudo da História de Hiroshima antes, durante e após a Bomba Nuclear. Mais um momento para os Fortes. Poucas fotos, mas muita História e objetos. Entrada: 200 Yens.

CASTELO DE HIROSHIMA

Próximo ao Parque da Paz, no caminho para ele passamos por Belas Esculturas. Este é uma réplica do Castelo destruído pela Bomba Atômica. O Castelo é diferente de outros Castelos Japoneses por estar no plano e não no alto de uma Montanha. Tem cinco andares e Belas Vistas da Cidade. Pelo que li, para quem já visitou os Castelo de Himeji e Hikone, a visita ao interior deste Castelo deixa a desejar. Não fui no Castelo.

Hiroshima 2019 (36)Hiroshima 2019 (34)Hiroshima 2019 (30)Hiroshima 2019 (24)Hiroshima 2019 (25)Hiroshima 2019 (28)Hiroshima 2019 (4)Hiroshima 2019 (22)Hiroshima 2019 (19)Hiroshima 2019 (14)Hiroshima 2019 (11)Hiroshima 2019 (15)

Hiroshima 2019 (18)Hiroshima 2019 (13)

Hiroshima 2019 (6)Hiroshima 2019 (5)Hiroshima 2019 (37)

Outras Atrações:

  • Shukkeien Garden: O original é de 1620, mas o atual é pós-bomba. Para quem curte Jardins Japoneses é uma boa pedida. 260 Yens;
  • Museu da Mazda: A fábrica da Mazda foi inaugurada em Hiroshima em 1920 e sua sede conta com Visitas Pré-Agendadas;
  • Hondori Street: A rua comercial e coberta de Hiroshima;
  • Vale Taishaku: Localizado no Rio Taishaku é considerado um dos 100 Lugares Mais Belos do Japão.
  • Castelo de Himeji: Fica no caminho de Hiroshima, a questão de parar para vê-lo é o tempo gasto para combinar com Hiroshima. Caso for dormir em Hiroshima, vale saltar do Trem para visitar este Castelo que é Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO e um dos mais emblemáticos do Japão.

O QUE COMER:

  • OKONIMIYAKI DE HIROSHIMA: Panqueca recheada típica de Hiroshima. Os Japoneses teimam em chamar esse treco de “Pizza Japonesa”….Encontramos esta iguaria na Estação de Trem e no centro da cidade. Os Melhores Restaurantes de Okonimiyaki estão em Okomimura que, também oferece outros tipos de comida.

Concluindo, Hiroshima foi um lugar para onde fui com um pé atrás e sai completamente revigorado por ver como podemos superar grandes dificuldades sem esquecer do passado e ao mesmo tempo sem passar a Vida se lamentando. Hiroshima é um Grande Exemplo de superação!

Veja outros posts do VIAJA DAQUI que têm tudo a ver com Hiroshima nos links abaixo:

TÓQUIO

MONTE FUJI / Kawaguchiko / Fuji Q-Highlands

NARA: A CIDADE DOS CERVOS

TEMPLO FUSHIMI INARI-TAISHA

Gostou? Deixe sua dica, dúvida, crítica ou elogio nos comentários, por favor. Obrigado de coração pela sua visita no blog Viaja Daqui.

4 comentários em “Hiroshima e a Bomba Atômica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s