O Largo da Carioca e a Rua da Carioca têm História.

Uma boa caminhada pelo Centro Histórico do Rio, vai da Cinelândia até a Praça Tiradentes, passando pelo Largo da Carioca e a Rua da Carioca! Que tal uma dica para um chopp, num dos mais tradicionais restaurantes da cidade, na parte final do caminho?

Você pode chegar de Metrô, diretamente no Largo da Carioca, considerada o coração da cidade, o Largo da Carioca é repleto de História

. O coração da cidade, pra mim, fica em outro lugar, na Cinelândia, que fica ali pertinho, pois por ali trabalhei durante cerca de oito anos.

IMG_3371
Estação de Metrô
IMG_3354
Bike Rio

Largo da Carioca

Vamos começar pelo Largo da Carioca! Nele existia uma lagoa, que passou a ser chamada de Lagoa de Santo Antônio. Foi a partir dali que se iniciou a urbanização da cidade do Rio de Janeiro.

IMG_3352IMG_3358IMG_3365

Nos primórdios da colonização europeia, vieram para a região, freis Franciscanos, que construíram uma ermida em 1592, nas suas margens e, em 1608, iniciou-se a construção do Convento de Santo Antônio. O Convento de Santo Antônio está a esquerda de quem olha para o alto e, à direita, está a Igreja de São Francisco da Ordem Terceira da Penitência, construída à partir de 1633. Dizem as más línguas que, uma não se dá muito bem com a outra.

Buscando drenar a extinta lagoa, os Franciscanos abriram uma vala, onde hoje está a Rua Uruguaiana, chamada antigamente de Rua da Vala. Por volta de 1700, a lagoa foi aterrada, quando se construiu um Chafariz no local, o Chafariz da Carioca, levando água a região por muito tempo. Este Chafariz foi o mais importante da cidade durante muito tempo. Gostaria de vê-lo reconstruído, mesmo que seja só de forma decorativa! Concorda?

IMG_3363IMG_3375

Duas curiosidades sobre o Largo da Carioca:

– Por volta de 1720, atribuiu-se aos Quilombolas (escravos fugitivos), a falta de água na região. Eles ficavam escondidos nas matas e furavam os canos para se abastecer.

– Em 1710, o Convento de Santo Antônio abrigou a população e militares contra a invasão francesa. Durante a batalha, a imagem de Santo Antônio era levada à frente das tropas, após a vitória contra os franceses, Santo Antônio recebeu o título de Capitão da Infantaria e por décadas recebeu soldo, que eram pagos ao Convento. É mole?…

Rua da Carioca

Vá pela Rua da Carioca e repare no seu Casario. Aberta, em 1697, por ali sempre conviveram e trabalharam uma grande variedade de culturas e credos. Judeus, Libaneses, Turcos, Árabes e outros povos.

IMG_3377IMG_3382IMG_3385IMG_3386

IMG_3401
Sobrados! 🙂

Aqui você vai entender de uma vez por todas o que significa Sobrado. Na rua da carioca, vemos belas casas, que possuem um comércio embaixo. O mais importante para os moradores da rua era o comércio e o que “sobrasse” era a residência! Daí o nome “Sobrado”.  A decoração das fachadas era importante, pois, o que definia o status naqueles tempos, não era ter piscina ou ar-condicionado, mas uma bela decoração externa. Os comerciantes da rua contratavam especialistas estrangeiros, e podemos encontrar vários estilos arquitetônicos, na caminhada!

A Rua da Carioca foi chamada inicialmente de Rua do Egito, depois, Rua do Piolho, devido a um antigo morador. Em 1848, recebeu o atual nome, pois, por ali passavam as pessoas que iam buscar água no Chafariz da Carioca (infelizmente demolido), no Largo da Carioca. Foi inicialmente povoada no lado direito (sentido Largo da Carioca-Praça Tiradentes), porque o lado esquerdo era propriedade dos Frades Franciscanos e sua Igreja de São Francisco, cujo terreno se estendia até a Avenida República do Paraguai.

IMG_3390IMG_3389IMG_3391IMG_3394IMG_3395IMG_3388

Passeando pela Rua da Carioca você vai se deparar com o Bar Luiz. Além de se tratar de um Grande Campeão do Melhor Chopp do Rio, por diversas vezes, é também um lugar de grande valor Histórico. O tradicional Bar Luiz, chamava-se originalmente de Bar Adolph, fundado em 1887, é repleto de História. Resumidamente, Jacob Wendling, abriu um bar e depois chamou seu afilhado Adolf Rumjaneck para ajudá-lo. Adolf se mostrou uma pessoas carismática e, forte, desafiava os fregueses a uma queda de braço, onde em caso de derrota o freguês poderia beber a vontade, tornando o bar popular e, conhecido popularmente como Braço de Ferro. Em 1908, Adolf assumiu o bar e, em 1915, muda o nome do bar de Zum Alten Jacob, para Bar Adolph, seguindo as leis de então, que obrigavam que se seguisse a ortografia portuguesa da época, onde o “f”, tinha a escrita de “ph”. Já sentindo o peso da idade, Adolf convida Ludwig Vöit para ser seu sócio. Em 1926, Adolf falece. Nesta época aconteciam os turbulentos anos da República Velha, com isso mudam pela segunda vez de endereço, seguindo para onde o Bar está até os dias de hoje. Na década de 1930, a esposa de Ludwig, Ana, assume a cozinha, dando ares de restaurante ao local. Com a chegada da Segunda Grande Guerra Mundial, movimentos anti-nazistas, liderados por alunos do Colégio Pedro II, invadiram o Bar com o intuito de quebrar tudo devido ao seu nome, mas, neste dia, no antigo Bar Adolph, encontrava-se Ary Barroso, autor de Aquarela do Brasil, bebendo um Chopp, que num bate-papo com os jovens evitou a destruição. Após este episódio Ludwig se naturalizou e passou a se chamar de Luiz, criando um novo nome para o estabelecimento: Bar Luiz. Pensem, quando estiverem por lá, que o Bar Luiz, não conta somente a sua História, mas, a própria História do Rio de Janeiro e do Brasil, pois por ali passaram diversos personagens de grande importância no cenário do Brasil.

Vale a pena parar para um Chopp ou um almoço, no Bar Luiz, e deixar sua presença marcada na História do Rio. Fecha aos Domingos.

Além do casario e do Bar Luiz, na Rua da Carioca, existem outros dois prédios Históricos, são o Cine Íris e o Cine Ideal.

IMG_3397

IMG_3399
Cine Íris

O Cine Íris foi inaugurado em 1909, por  João Cruz Júnior, com capacidade de 200 pessoas, recebeu uma reforma, em 1919, elevando sua capacidade para 1200 pessoas. Nele, Ruy Barbosa tinha cadeira cativa. Em seu período áureo apresentava os grandes espetáculos de Teatro de Revista, hoje, além de apresentar filmes pornográficos, recebe diversas festas concorridas. Continua administrado por membros de uma mesma família, atualmente sob comando do bisneto do fundador. O Cine Íris é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN.

IMG_3405

IMG_3406
Cine Ideal em reforma.

O Cine Ideal é outro prédio Histórico da Rua da Carioca, que chegou a ser tombado como Patrimônio Histórico. Está passando por uma ampla reforma. Apesar de ter mais de 100 anos de História, foi difícil encontrar informações a seu respeito, porém, pelas fotos, podem ver que vai ficar bom!!!

IMG_3402
Praça Tiradentes, logo à frente.

Se daqui, quiser continuar, vá para a Praça Tiradentes, acompanhando este post, caso já considere suficiente, volta um pouquinho e pede um chopp por mim, no Bar Luiz! Ah! Deixe também seu comentário aqui em baixo! 🙂

Quem mora na cidade do Rio de Janeiro, como eu, pode passar a Vida sem saber desses detalhes e curiosidades sobre sua própria História. Uma das coisas mais incríveis que o curso de Turismo me proporcionou foi saber mais sobre minha História, por isso agradeço ao CIETH pela oportunidade e satisfação de poder compartilhar um pouco do que aprendi graças a eles e elas, professores dedicados e conhecedores de seu (nosso) passado. Venha conhecer a História do Rio de Janeiro.

Veja outros posts que têm tudo a ver com o Rio de Janeiro. nos links abaixo:

CRISTO REDENTOR E O TREM DO CORCOVADO

PÃO DE AÇÚCAR

CINELÂNDIA

PRAÇA TIRADENTES

Quer um passeio Guiado pelo Rio ou um Roteiro Personalizado? Solicite pelo email viajadaqui@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s