Ayutthaya, Antiga Capital da Tailândia

Cidade Histórica, antiga capital do Reino de Sião, atual Tailândia, Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO, Ayutthaya foi um lugar em que estávamos na dúvida se visitavamos ou não. E olha que para eu ficar na dúvida de visitar um Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO é porque tinha que ter motivos muito bons, pois gosto muito e de montão. Acontece que era final de Viagem e estavamos cansados de turistar e estudar sobre um Roteiro do Sudeste Asiático para os Grupos que organizo e levo em Viagens pelo Mundo, onde agora tenho mais este Roteiro, que nasceu de uma Viagem Fantástica de 17 dias por Tailândia e Camboja e que tive o prazer e a honra de estar com minha Irmã Araunã, Nãnã para os chegados. Nesse dia, acordamos, tomamos o Café da Manhã e resolvemos ir. Estávamos hospedados em Silom (Bangkok), perto do Metrô. Perguntamos na recepção como chegar e partimos para a Estação Ferroviária.

IMG_1512

IMG_1454

Sabíamos que era um bate-volta puxado e, sinceramente, talvez valha a pena alugar um carro com motorista, desde Bangkok, porque mesmo sem o trânsito da cidade o trem foi bem cansativo e se estiver em dois e resolver reservar o vagão com ar-condicionado, o carro com motorista pode ficar mais barato. Muita gente vai no trem numa tarifa baratinha, mas não tem lugar marcado, podendo ficar em pé e sem ar-condicionado. A verdade é que vai do orçamento de cada um, né? Mas pra mim, que organizo e levo Grupos, tem que ser de transporte privado, pois andar de nesse trem é bem diferente de andar de Trem na Europa, por exemplo.

COMO CHEGAR em Ayutthaya de Trem: Pegue o Metrô no sentido HUA LAMPHONG. A Estação Ferroviária tem o mesmo nome HUA LAMPHONG. Haverão guichês para comprar seu ticket para Ayutthaya, aceitam MASTER e VISA. Pagamos 510 baths na ida e 65 baths na volta, pois viemos num vagão sem ar-condicionado, mas com assento marcado.

IMG_1363IMG_1370

IMG_1376
A caminho e na Estação de Bangkok.

Chegando na Estação de Ayutthaya existem muitas opções para andar por lá, entre elas o Tuk Tuk (1.200 baths), e, na rua em frente, Bicicleta (50 baths, até às 19h), Moto (200 baths, até às 19h). Como dirijo Moto pegamos a Moto. Atenção: Fique ATENTO (A) à mão inglesa. A Nãnã me advertiu duas vezes.

Ficamos com a Moto por cerca de 4h e foi tempo suficiente. Bom, um pouco corrido, mas como chegamos às 12h e escolhemos voltar no trem das 16h30 ao invés das 18h, teríamos cerca de 4h, à base de Biscoito deu tempo de visitar todos os Templos que queríamos.

20171208_172737
Se liga no Malandro de Ayutthaya…

HISTÓRIA:

Se quiser saber apenas da atrações de Ayutthaya vai direto ali embaixo, onde está “VIAJA DAQUI ou O que fazer em Ayutthaya”.

Antiga capital da Tailândia e Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO, a cidade já chegou a possuir nada menos do que 500 Templos. Foi o “Centro do País” por mais de 400 anos. Ayutthaya, que significa “Cidade Impenetrável”, era a cidade mais importante do Reino de Sião – o nome Tailândia surgiu apenas em 1933 – e pesquisadores afirmam ter sido a cidade mais populosa do mundo contando mais de 1 milhão de habitantes, em 1760. Funcionava como um importante ponto de comércio na Ásia, entre os produtos que circulavam por ali havia sândalo, açúcar, peles, sedas, couros e madeira.

Em 1767, a cidade foi tomada pelo exército da Birmânia – atual Myanmar -,  que a destruiu e saqueou, durante a segunda Guerra Birmano-Siamesa, veja sobre esta Guerra no Wikipedia, clicando aqui. Logo depois, o exército birmanês teve que bater em retirada para defender suas fronteiras de ataques vindos da China. O, então, Reino de Sião, tendo em vista a destruição da cidade, declarou Bangkok, à 80 km, como a nova capital do país, fazendo com que Ayutthaya se tornasse um cidade de Templos Antigos e Ruínas.

Ayutthaya é repleta de Templos, Budas e Ruínas para se conhecer, um verdadeiro Museu a céu aberto. Para quem gosta de História e da Religiosidade da Tailândia, Ayutthaya é um prato cheio!

VIAJA DAQUI ou O que fazer em Ayutthaya:

Ayutthaya e Angkor são parecidas quanto aos Templos, pois são imensos e feitos de pedras. A diferença principal, do meu ponto de vista, é que Ayutthaya fica no meio de uma cidade, enquanto os Templos de Angkor estão numa região preservada, onde encontramos os Templos sem nada em volta. Gostamos mais de Angkor, mas se for ficar só pelas bandas de Bangkok coloque Ayutthaya na sua lista de Passeios Imperdíveis.

Abaixo estão todos os locais que estudei e visitamos, a ordem das visitações pode ajudar, mas se estiver de Moto ou Bicicleta, saiba que pode se perder aqui e ali…

IMG_1403IMG_1418

IMG_1416
Wat Phananchoeng Worawihan

Começamos com uma dica que busquei no blog VIAJE NA VIAGEM, do Ricardo Freire, meu Eterno Comandante, o Wat Phananchoeng Worawihan é datado de 1324 e é um Templo pouco visitado por turistas, possui um gigantesco Buda de 19 metros de altura, do ano de 1334, incrível, não é mesmo? Este Buda é tido como o “Guardião dos Marinheiros”. O Templo, também, oferece uma linda cerimônia budista se der sorte de estar lá na hora certa. Para participar da cerimônia ao chegar deixe alguns baths e pegue uma flor de lótus, três incensos e uma folhinha de ouro, faça igual aos nativos e seja Feliz. No Google Maps Você encontra o Templo como: Wat Phanan Choeng.

IMG_1454IMG_1432IMG_1467IMG_1461

IMG_1465
Watyaichaimongkol

O Primeiro Templo e este Templo que falo logo acima ficam à direita da Estação de Ayutthaya. O Templo construído pelo Rei U-Thon, em 1357, o Watyaichaimongkol é um dos mais bem conservados de Ayutthaya. Sua estupa tem 62 metros de altura. “Estupa” ou “Chedi” são Torres Cônicas construídas sobre as cinzas de alguém importante, dentro da religião budista. Dizem que vale a pena conferir a vista lá de cima, mas não fui. O Templo tem muitas imagens de Buda, sempre vestidos com mantos dourados doados pelos fiéis. No Google Maps está como: Wat Yai Chai Mongkhon.

IMG_1546IMG_1533IMG_1534IMG_1536IMG_1538

IMG_1542

 

IMG_1540
Wat Maha That

Então, fomos para os Templos do centro de Ayutthaya, começando pelo Wat Maha That. Nele está uma das imagens de Buda mais famosas no mundo. Trata-se de uma cabeça de Buda numa árvore. A imagem não é grande, cerca de 40cm, mas sua fama… o Templo em si, também, é bem bonito, onde vemos muitos Budas decapitados, infelizmente, pelo exército birmanês. Acho que as imagens dos Budas decapitados me marcaram bem mais do que o Buda na Árvore, embora as fotos do Buda na Árvore terem ficado fantásticas.

IMG_1482

IMG_1500
Vihara Phra Mongkhon Bophit

Templo do século XVI, o Vihara Phra Mongkhon Bophit estava em obras e fechado quando fomos, ele contém a maior estátua de bronze de um Buda da Tailândia. O exército da Birmânia a destruiu seriamente, além de ter ficado por mais de 200 anos exposta ao sol e chuva, teve sua restauração concluída em 1920, por ordem do Rei Rama VI. Pelo que entendo ela ficou do jeito que está, atualmente, em 1990, quando foi coberta com, acreditem, 200 kg de ouro. Pena que perdi essa. O nome é o mesmo no Google Maps.

IMG_1487IMG_1490IMG_1495IMG_1510IMG_1504

IMG_1505
Wat Phra Si Sanphet como ficou e, acima, como era.

Pertinho do Viharn Phra Mongkhol Bophit está o Wat Phra Si Sanphet. Bem bonito, possui três grandes estupas ou chedis. Ele foi feito para cerimônias da realeza e armazenamento de relíquias, nunca tendo abrigado monges. Abaixo das estupas estão as cinzas de três Reis: Trailok, Borom Ratchathirat e Rama Thibodi II. Além de ter relíquias de Buda. Achei esse muito bacana. O mesmo nome no Google Maps.

IMG_1554

IMG_1558
Wat Lokaya Sutha

De lá, seguimos para o Wat Lokaya Sutha e seu imenso Buda reclinado, também, conhecido como Buda Street Fighter por ter servido de cenário para o video game cult. A imagem tem 42 metros de comprimento e 8 de altura. Achei interessante porque não temos que entrar em nenhum espaço pago, sim, quase todos os Templos são pagos e bem baratinhos, não precisa pagar este porque ele fica na rua, como se fosse numa praça. Bem Bacana. No Google Maps está como: Wat Lokkayasutharam.

IMG_1571IMG_1559

IMG_1565IMG_1570IMG_1581

IMG_1572
Wat Chai Watthana Ram

Seguimos para nossa parada final, o Wat Chai Watthana Ram, um dos mais conhecidos e visitados na cidade. Seu significado é “O Mosteiro do Templo Vitorioso e Próspero”. Feito entre 1630 e 1650 pelo Rei Prasat Thong para comemorar sua coroação e em homenagem a sua Mãe adotiva. No Templo aconteciam cerimônias reais e cremações da Família Real.

A Torre no centro do Templo, construída no estilo Khmer – cambojano – se chama Phra Prang Prathan, tem 35 metros e representa a Montanha Budista Meru – Phra Men. Ao redor da Torre principal estão quatro Torres menores que simbolizam os quatro continentes onde vivem os seres humanos – conforme a cosmologia budista. O pátio representa os sete oceanos e, onde está o muro, que simboliza as paredes de cristal do mundo, tudo isso na Tradição Budista.

Nesse Templo também vemos muitas imagens de Buda decapitadas pelo exército Birmanês, durante a invasão de 1767. Todo o Templo foi bem destruído nesta guerra e ficou abandonado por mais de dois séculos até ser restaurado em 1992. No Google Maps está como: Chai Watthanaram Temple.

Ayutthaya

Esta foi uma Viagem decidida em pouco menos de um mês e que só foi possível porque eu já tinha a Vacina contra a Febre Amarela (pegue todas as dicas sobre a Vacina aqui). Como o tempo foi curto para o planejamento, não pude me aprofundar demais em pesquisas e não consultei a internet o quando gostaria. Sendo assim, muito desse Roteiro veio de um achado, o Post “Roteiro de um Dia em Ayutthaya, saindo de Bangkok” do blog UM VIAJANTE de Robson Franzói. Obrigado de coração, Robson.

Minhas considerações finais sobre Ayutthaya são excelentes, principalmente para quem gosta de História e Ruínas. Incrível. Lembro que apesar de ambas fazerem parte do Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO, ainda gostamos bem mais dos Templos de Angkor, no Camboja. Mas se Bangkok está no seu Roteiro e o Camboja está fora do seu Roteiro procure de alguma forma incluir Ayutthaya, pois verá coisas bem diferentes do que verá em Bangkok e Chiang Mai, por exemplo. Lembrando que estas são minhas opiniões pessoais.

Se estiver de Moto ou Bicicleta, seguindo o Roteiro acima, na parte da tarde, querendo voltar para a Estação, lembre que, enquanto o Sol estiver nas suas costas estará no caminho certo, pois o Roteiro termina no Oeste, enquanto a Estação está à Leste dos Templos.

Outro detalhe, vá com roupas leves, Ayutthaya é bem quente. Quente e Legal! Aproveita!

Veja outros posts do VIAJA DAQUI que têm tudo a ver com Ayutthaya nos links abaixo:

SIEM REAP – CAMBOJA

RAILAY BEACH – TAILÂNDIA

Gostou? Deixa suas dicas, dúvidas, críticas ou elogios nos comentários, por favor. Obrigado de coração pela visita no Viaja Daqui.

 

10 comentários em “Ayutthaya, Antiga Capital da Tailândia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s