Onde começa a Rota Romântica da Alemanha: Würzburg.

Em dia de uma volta de carro pela Rota Romântica fomos à Würzburg. Cidade que é conhecida como o ponto de partida para a Rota Romântica, à partir do Norte da Rota. Nossa base era em Rothenburg e a visita à  Würzburg não foi uma unanimidade, alguns preferiam ter passado o dia se perdendo pelas ruas de Rothenburg, que pra mim é o Melhor do Melhor da Rota Romântica.

img_8703

Vale ressaltar que só tivemos umas duas horas para ficar por lá, pois, saímos de Rothenburg e

fomos parando nas cidadezinhas, chegando à tarde e ainda voltaríamos para Rothenburg.

Würzburg estava muito cheia de turistas quando fomos, ela é a maior cidade da Rota Romântica com 130.000 habitantes. Cidade independente – Kreisfreie Stadt-, possui estatuto de distrito – Kreis.

HISTÓRIA:

Ocupada desde 1.000 a.c por Celtas, na região onde hoje localiza-se a fortaleza Marienberg.

À partir de 686, missionários irlandeses cristianizaram a região. Teve sua primeira Diocese fundada por São Bonifácio, em 742. Sua primeira Igreja foi construída em 788, onde hoje está a Catedral de Würzburg.

Sua Universidade foi fundada em 1402 e refundada em 1582.

img_8799
Era semana de Dia das Mães! Ainda escrevi errado… Filhinho*, é Filhinho da Mamãe!!! 🙂

Em 1720 começaram os trabalhos de construção da Würzburger Residenz, Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO, Palácio que substituiu a Festung Marienberg, enquanto residência do Príncipe-Bispo de Wurtzburgo.

Em 1814 a cidade passou a fazer parte da Baviera.

img_8843

Durante a Segunda Guerra Mundial, em 16 de Março de 1945, cerca de 85% da cidade foi destruída por cerca de 225 bombardeiros Lancaster em 17 minutos. A maior parte das igrejas, catedrais e outros monumentos não sobreviveu, enquanto o centro da cidade, datando da época medieval, foi totalmente destruído por um incêndio no qual 5000 pessoas morreram. Durante os 20 anos seguintes, os edifícios de importância histórica foram cuidadosamente reconstruídos. Todo o entulho foi retirado por mulheres e crianças, pois, os homens estavam mortos ou presos. Hoje, o povo é tido como hospitaleiro e que gosta de receber bem os turistas que visitam a cidade.

VIAJA DAQUI ou o que fazer em Würzburg:

Paramos os carros no estacionamento do Residenz e começamos o roteiro. Eu não entrei no Residenz, pois já conhecia o de Munique, mas posso dizer que as amigas do grupo, que entraram preferiram o Residenz de Munique, sem desmerecer o de Würzburg, claro. Minha prioridade foi andar pela cidade.

img_8809img_8823img_8850

img_8841

O Residenz de Würzburg faz parte do Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO. A Residência de Würzburg, sob o projeto do arquiteto Balthasar Neumann, por encomenda do príncipe-bispo de Würzburg Johann Philipp Franz von Schönborn e do seu irmão Friedrich Carl von Schönborn foi construída entre 1720 e 1744. O pintor veneziano Giovanni Battista Tiepolo, assistido pelo seu filho Domenico, pintou grande parte dos afrescos do edifício, inclusive o mais famoso, na entrada, que é nada menos do que o Maior Afresco do Mundo, localizado na abóbada da escadaria. Nos seus interiores, destacam-se a Escadaria Central, a Capela e o Grande Salão.

A residência foi danificada por bombardeios durante a Segunda Guerra Mundial, tendo os trabalhos de restauro sido iniciados logo após o fim da guerra.

Pelo que compreendi as cinco salas principais, inclusive a dos Espelhos, só se visita acompanhado de guia.

img_8795

img_8730
Marktplatz e Marienkappele

Do Residenz entre na cidade. Você vai passar pela Marktplatz, a Praça do Mercado principal e por hordas de turistas.

Ali, na Marktplatz, está a MarienKappele, uma bela Igreja, que também merece uma visita.

img_8738img_8713

img_8746img_8752

img_8750
Dom St. Kilian

Vá passeando até chegar ao Dom St. Kilian, a Catedral de Würzburg. Construída em 1045, a Catedral – Dom – foi quase toda destruída, durante a segunda guerra mundial, ficando de pé, somente suas Torres. A St. Kilian é a quarta maior em estilo Românico, da Alemanha.

img_8763img_8769

img_8770
A Alte Mainbrücke e a vista para o Castelo Marienberg

Então, vá até a Alte Mainbrücke, a Ponte Antiga de Würzburg, sobre o Rio Main, construída em 1473. Em 1730, foi decorada com imagens de Santos, importantes na Francônia. Dela se tem uma bela vista da Festung Marienberg.

img_8779

img_8774

img_8781
Parque

Do outro lado da Ponte tem um Parque, que não peguei o nome e que estava lotado. Foi um bom passeio, antes de voltar pro carro.

Coisas que ficaram de fora em nossa visita à Würzburg:

– Festung Marienberg: Fortaleza, situada no ponto mais alto da cidade, em frente à Ponte Antiga. É o Mirante privilegiado sobre a cidade e seus arredores, cercada de Vinhedos. O carro chega até ela. Apenas a vi da Ponte.

– Käppele: A Capela é considerada uma joia do Barroco, fica sobre uma colina com uma bela vista da cidade. Obra do arquiteto Balthasar Neumann. Ir de carro.

– Alte Rathaus: Antiga prefeitura e sua famosa torre.

– Hofkirche: A entrada se dá ao lado do Residenz. Nós nem procuramos, mas depois de ver umas fotos me arrependi de não ter procurado.

Veja outros posts que têm tudo a ver com a Rota Romântica:

Gostou? Deixe suas dicas, dúvidas, críticas ou elogios nos comentários, por favor.

Anúncios

Um comentário sobre “Onde começa a Rota Romântica da Alemanha: Würzburg.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s