Hallstatt é merecidamente um Patrimônio Mundial da Humanidade

Está aí uma cidade que é um Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO no quesito Paisagens Naturais que merece todos os elogios. Obrigado, Hallstatt, pelo dia espetacular que proporcionou a mim e todo o grupo.

img_0018

Fomos em carros, como bate-volta de Salzburg. A Viagem de carro já é uma beleza passeando pelo Salzkammergut e seus mais de 70 lagos, a estrada segue por montanhas, cidadezinhas e muitos lagos. Quando começamos a nos aproximar o cenário dá uma mudada e tanto, montanhas altas refletem na água, que se torna um imenso espelho natural. Para finalizar, para entrar em Hallstatt você vai passar por um túnel bem estreito, a sensação é que estamos entrando em Shangri-La, a misteriosa terra oculta dos Himalaias, só que na Áustria. Continuar lendo “Hallstatt é merecidamente um Patrimônio Mundial da Humanidade”

Saltz Welten, uma aventura na Mina de Sal Mais Antiga do Mundo!

Com nada menos do que 7.000 anos de existência, numa cidade que é Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO, Hallstatt, num local bem remoto está a Saltz Welten, a Mina de Sal Mais Antiga do Mundo.

img_0156

Conhecer esse lugar foi uma experiência única em que você deve investir. O passeio é sensacional, repleto de escorregas radicais e curiosidades. Você vai conhecer uma mina na sua mais pura essência. Vale ressaltar que o passeio não é aconselhável para quem tem dificuldade de locomoção e sofre de claustrofobia.

Continuar lendo “Saltz Welten, uma aventura na Mina de Sal Mais Antiga do Mundo!”

Visitando Innsbrück, na Áustria.

Nós fomos à Innsbrück, na Áustria, em um belíssimo bate-volta, que saiu às 15h de Garmisch-Partenkirchen, passou em Mittenwald e terminou em Innsbrück. Era primavera e o dia ia até às 22h, por isso deu tempo.

img_4454

Minha preocupação era que Innsbrück fosse relativamente grande, as vezes os mapas nos enganam, mas, em duas horas, visitamos alguns dos pontos principais da cidade, lanchamos e voltamos para nossa base. Como não tínhamos intenção de subir em nenhuma de suas montanhas, pois a primeira parte do dia foi para o Zugspitze, o Topo da Alemanha, o tempo foi mais do que suficiente. Ou seja, na primavera, deu tempo de subir o Zugspitze, e, à partir das 15h, sair de Garmisch, fazer um pit-stop em Mittenwald e ainda conhecer Innsbrück. Dia Excelente! Continuar lendo “Visitando Innsbrück, na Áustria.”