A Missa do Botafumeiro em Santiago de Compostela

Nosso intuito em Santiago de Compostela era visitar a Catedral de Santiago, no dia e hora da Missa dos Peregrinos, onde há a “apresentação” do Botafumeiro.

Muita gente acha que o Botafumeiro acontece em vários horários e dias, mas a única Missa que tem o Botafumeiro com toda a certeza é a Missa das 19h30, das sextas-feiras. ATUALIZAÇÃO: Confirme na página oficial do Botafumeiro, porque foi suspenso às sextas por tempo indeterminado, mas já podem ter mudado de novo, clica aqui e veja quando tem o BOTAFUMEIRO.

img_1789
O Botafumeiro

Nesse post Você vai encontrar muito da História de São Tiago e o que ele tem a ver com a cidade e a Espanha. As pesquisas foram baseadas em sites de História e no Wikipedia. Muitos criticam este site, mas considero ele excelente em vários momentos. A facilidade que ele fornece para ler sobre qualquer assunto instantaneamente, no computador ou celular, não tem preço. Ontem mesmo resolvi ler sobre a História da França, abri o aplicativo do meu celular e passei horas lendo sobre o assunto, sem precisar sair do sofá ou gastar um tostão. Outro dia foi sobre a Guerra dos Trinta Anos.

Sou um grande fã do Caminho de Santiago, Continuar lendo “A Missa do Botafumeiro em Santiago de Compostela”

Alto Douro! Patrimônio da Humanidade!

Comemorando 1 Ano do primeiro post do VIAJA DAQUI, sobre Toledo, estou levando ao ar um post de um lugar pra lá de especial: A Região do Alto Douro. Obrigado de coração Amigos e Amigas leitores do blog, por toda a atenção, elogios, críticas e confiança. O trabalho é grande e gratificante! Curtam o post, deixem um comentário e Viaja Daqui! 🙂

Nossa passagem pelo Douro foi Excelente. Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO, a região do Douro faz muito jus ao Título, lembre-se sempre que tudo o que vê nas fotos está muito aquém do que você receberá por lá, pessoalmente, em carne e osso.

Sem delongas vamos direto ao assunto de um Excelente dia, num Belíssimo lugar, um dia que pode servir de base para sua passagem pela Região do Douro. Aproveite esse Roteiro sem moderação. Se quiser saber mais sobre a História do Douro clica aqui.

VIAJA DAQUI ou O que fazer no Douro:

Resumindo nossa Rota, saímos cedo de Braga, passamos por Mesão Frio, paramos para um café em Peso da Régua, visitamos a Quinta do Pôpa, almoçamos em Pinhão e fomos para a Quinta de Santo Antônio, onde ficamos hospedados e de onde só sairíamos no dia seguinte com vontade de ficar mais, muito mais.

Sei que tem foto pra caramba para pouco texto, no post, mas é o melhor do douro: Paisagem!

img_1992

img_1998
Perto de Mesão Frio

Pesquisei bem a estrada e os caminhos, e, ao sair de Braga, coloquei no GPS a cidade de Mesão Frio, que se mostrou uma linda porta de entrada para a região do Alto Douro Vinhateiro. Aproveitamos que colocamos  a cidade no mapa e demos uma rápida passada por ela, sem sair do carro. Paramos apenas na estrada, assim que vimos o Douro. Aconselho a fazer do mesmo jeito. Continuar lendo “Alto Douro! Patrimônio da Humanidade!”

Viana do Castelo e o Santuário de Santa Luzia!

Viana do Castelo

Em nosso corrido dia conseguimos fazer um pit-stop em Viana do Castelo para conhecer o Santuário de Santa Luzia e apreciar a linda vista para o oceano Atlântico, que se tem a partir de lá do alto.

img_1725

Continuar lendo “Viana do Castelo e o Santuário de Santa Luzia!”

Barcelos e a Lenda do Galo, símbolo de Portugal.

Conhecemos a pequena cidade de Barcelos em pouco mais de uma hora. A passagem por Barcelos fazia parte de um bate-volta puxado que fizemos desde Braga, que também incluiu Guimarães, Viana do Castelo e Santiago de Compostela.

Famosa pelo Galo de Barcelos, fomos conferir essa simpática cidade portuguesa.

img_1680

Próximo ao Centro Histórico deixamos o carro num grande estacionamento e saímos andando sem compromisso pela cidade até alcançarmos o Paço dos Condes de Barcelos, que está em ruínas, mas muito interessante. Do Paço vemos a Ponte Medieval de Barcelos e o Rio Cávado. A ponte é um importante ponto de passagem dos peregrinos no Caminho Português de Santiago.

Próximo ao Paço dos Condes estava se organizando uma Feira Medieval, pena que não pudemos ficar.

Continuar lendo “Barcelos e a Lenda do Galo, símbolo de Portugal.”

Guimarães, o Berço de Portugal.

Guimarães foi uma daquelas cidades que superou as expectativas. Pequena e Muito Agradável, também deve servir como uma excelente base para visitar a região (usamos Braga, que também é 10). Nossa visita começou no Castelo, onde estacionamos o carro, e seguiu a pé, descendo pela cidade até a famosa parte da Muralha, onde está escrito a célebre frase “Aqui Nasceu Portugal”. O passeio por Guimarães levou cerca de duas horas, sim, foi curto, mas nesse mesmo dia ainda visitaríamos Barcelos, Viana do Castelo e Santiago de Compostela, em um Bate-Volta de Braga. Voltamos para o carro, no estacionamento que fica atrás do Castelo de Guimarães, de Táxi.

Uma coisa bem curiosa que descobri quando já estava nessa região é a rivalidade que existe entre Braga e Guimarães. Hahaha… pior que Rio x São Paulo, Brasil x Argentina…. quer arrumar uma encrenca diga para um bracarense que amou Guimarães ou vice-versa! É incrível! 😛

img_1621

Continuar lendo “Guimarães, o Berço de Portugal.”

A “Jovem” Braga!

A cidade de Braga foi a mais significante para nós, nessa Viagem à Espanha e Portugal, porque foi nela que nasceu meu Avô Manuel, Pai de minha Mãe Marisa e da minha Tia e Madrinha Marília, que foi comigo nessa Viagem Incrível.

Pelos motivos acima, acabei estudando muito da História dessa cidade que é uma das mais antigas de Portugal, daí nasceu este post, onde procuro fazer um resumo da história da simpática e antiga Braga.

Então, caso esteja interessado ou interessada  apenas nos pontos de interesse turístico da cidade, segue direto lá pra baixo, onde está VIAJA DAQUI ou O que fazer em Braga.

Continuar lendo “A “Jovem” Braga!”

O Porto em um Pit-Stop

Dizer que conheci o Porto é meio relativo, afinal, tivemos apenas algumas horas para a cidade. Na verdade, foi um pit-stop, entre Batalha e Braga. Saímos cedo de Batalha, e chegamos por volta das 10h ao Porto. Andamos o dia inteiro e seguimos em frente, lá pelas 19h30, para Braga, nossa base.

Uma coisa é certa: O Porto nos conquistou!

Cidade grande, limpa, repleta de atrações e com o rio Douro presenteando seus visitantes de forma especial.

O Centro Histórico do Porto faz parte do Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO.
Continuar lendo “O Porto em um Pit-Stop”

O incrível Convento de Cristo dos Cavaleiros Templários, em Tomar

Tomar foi um dos lugares em que criamos mais expectativas na Viagem. Muitos portugueses reclamam que não entregam ao Castelo de Tomar e ao Convento de Cristo a devida importância histórica do local, que foi o último refúgio dos Cavaleiros Templários.

Eu tinha que ir lá conferir e acho que estes portugueses que reclamam têm razão, o lugar é fantástico e com uma história bem relevante.

Continuar lendo “O incrível Convento de Cristo dos Cavaleiros Templários, em Tomar”

A Religiosa Fátima

Chegamos à Fátima no meio da tarde, depois de termos visitado o Mosteiro da Batalha e o Castelo e Convento de Cristo, em Tomar. Estávamos já um pouco cansados, então ficamos andando por lá, sem compromissos até a hora de voltarmos para nossa base, em Batalha. Passeamos pelo Santuário de Fátima de forma bem leve e descompromissada. Continuar lendo “A Religiosa Fátima”

Batalha e seu Mosteiro? Sim! Inclui no Roteiro e vai!

Batalha foi nossa base, no centro de Portugal, onde passamos duas noites. A primeira noite, após sair cedo de Lisboa e conhecer Óbidos, Nazaré e o Mosteiro de Alcobaça. A segunda, depois de visitar seu Mosteiro pela manhã e realizar um bate-volta à Tomar e Fátima.

Posso garantir que a escolha de Batalha para ser nossa base, não poderia ter sido melhor. Nosso hotel era bem próximo ao Mosteiro e excelente. Além disso, a noite em Batalha é um deleite, para casais, com o Mosteiro iluminado e  bares e restaurantes a sua volta! Em Batalha, comemos o melhor leitão de toda a Viagem, melhor até que o famoso conchinillo de Segóvia. Continuar lendo “Batalha e seu Mosteiro? Sim! Inclui no Roteiro e vai!”