Berlim em 4 Dias cheios

Berlim é uma cidade grande e vibrante, por isso vale a pena ir sem correria para a capital da Alemanha. Procure colocar dias extras, pois é uma cidade que vale muito a pena ter tempo livre para andar a toa, pedalar e fazer compras.

Em uma das vezes que estive em Berlim tive a oportunidade de estar com meu Pai e meu Irmão, Dercio e Alexandre, em diversas ocasiões, então, peço a licença poética das fotos “a mais” que tenho com eles no post!

Com 3,5 milhões de habitantes, é a maior cidade da Alemanha. Localizada no Nordeste do país, mais de um terço de sua área é composta por florestas, parques, rios e lagos. Seu principal rio é o Rio Spree.

Assim como Amsterdam e Paris, Berlim é uma cidade global, com pessoas e empresas do mundo todo.

Se quiser saber direto das Atrações de Berlim pule a História e desce direto para “VIAJA DAQUI ou o que fazer em Berlim”.

HISTÓRIA:

Seu primeiro Documento data do século XIII, tendo sido capital da Prússia (tornada Reino em 1701 e extinta em 1947), do Império Alemão (1871-1918), da República de Weimar (1919-1932) e do Terceiro Reich (1933-1945). Após a Segunda Grande Guerra a cidade foi dividida, e, Berlim Oriental tornou-se capital da “República Democrática Alemã” (entre aspas, porque sob domínio soviético, é uma no mínimo estranho se chamada de Democrática) (1949-1990), em alemão “Deutsche Demokratische Republik – DDR” . Já, Berlim Ocidental continuou fazendo parte da República Federal Alemã, a qual teve sua capital movida para Bonn. Após a reunificação e o fim do domínio soviético, Berlim se tornou a capital de toda Alemanha.

História da Prússia (uma parte muito importante da História da formação da Alemanha): aqui.

História do Império Alemão: aqui.

História da República de Weimar: aqui.

História do Terceiro Reich: aqui.

História da Alemanha: aqui.

Berlim 2 - 2017 (19)Berlim Alex e Pai - 2017 (11)Berlim Alex e Pai - 2017 (5)Berlim Alex e Pai - 2017 (2)Berlim Alex e Pai - 2017 (6)

Nos primórdios a região de Berlim foi habitada por diversas tribos já no século VI, tribos eslavas construíram algumas fortificações na região. No século XI, Alberto, guerreiro saxão, derrota os eslavos e se torna o primeiro Marquês de Brandenburg.

No século XIII, no ano de 1.237, surge o primeiro documento se referindo ao local e aos povos que ali habitavam. Continuar lendo “Berlim em 4 Dias cheios”