Paris, a Cidade Luz

Paris, a Cidade Luz, deveria fazer parte do Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO por inteira, mas o que consta dos meus estudos, estão como Patrimônio apenas as Margens do Rio Sena!

Vou escrever um pouco sobre Paris e sua História a seguir. Então, se quiser saber direto das Atrações de Paris desce direto para “VIAJA DAQUI ou o que fazer em Paris”.

Paris é a capital e a mais populosa cidade da França, com 2.240.000 habitantes. A cidade se situa em um dos meandros do Rio Sena, no centro da bacia parisiense.

A posição de Paris numa encruzilhada entre os itinerários comerciais terrestres e fluviais no coração de uma rica região agrícola a tornou uma das principais cidades da França ao longo do século X, beneficiada com palácios reais, ricas abadias e uma catedral. Ao longo do século XII, Paris se tornou um dos primeiros focos europeus do ensino e da arte, ao fixarem-se os Reis de França e, também a Corte. Desde então, sua importância econômica e política não cessou de crescer. Assim, no início do século XIV, Paris era a mais importante cidade de todo o mundo ocidental. No século XVII, era a capital da maior potência política europeia. No século XVIII, era o centro cultural da Europa. No século XIX, era a capital da Arte e do Lazer, a Meca da Belle Époque. No século XX, durante a invasão nazista, Paris foi poupada de bombardeios, tendo o governo Francês mudado para Vichy, enquanto Paris era a sede do governo alemão, na França.

Paris 1 - 2012 (13)

Sua Arquitetura, seus Parques, suas Avenidas e seus Museus fazem de Paris uma das cidades mais visitadas no mundo, com cerca de 25 milhões de Turistas anuais.

A densidade da sua Rede Ferroviária, Rodoviária e da sua Estrutura Aeroportuária — um Hub da rede aérea Francesa e Europeia fazem-na um ponto de convergência para os transportes internacionais. Essa situação resultou de uma longa evolução, em particular das concepções centralizadoras das Monarquias e das Repúblicas, que dão um papel considerável à capital do país e, nela, tendem a concentrar ao extremo todas as Instituições. Desde os anos 1960, os Governos sucessivos têm desenvolvido políticas de desconcentração e de descentralização a fim de reequilibrar o país. Continuar lendo “Paris, a Cidade Luz”