Bangkok é a Alma do Sudeste Asiático

Bangkok, em tailandês “กรุงเทพมหานคร”, é uma Cidade vibrante! Principal hub (aeroporto de conexão) para visitar o Sudeste Asiático, ela tem que estar no seu Roteiro.

Capital e maior cidade da Tailândia é o principal centro financeiro, comercial, cultural e histórico do país. Banhada pelo Rio Chao Phraya, possui perto de 8,3 milhões de habitantes.

Começou como um pequeno posto de comércio do Reino de Ayutthaia, no século XV. Bangkok está situada no centro do antigo Reino de Sião e passou por uma grande modernização no século XIX. Em 1939, mudaram o nome de Reino de Sião para Tailândia. Nos anos de 1960 à 1980 cresceu bastante, passando a ter grande influência e força. Altos investimentos dos Tigres Asiáticos – Hong Kong, Cingapura, Coreia do Sul e Taiwan – nas décadas de 80 e 90 levaram muitas multinacionais para a cidade.

Como o crescimento foi desordenado a cidade é mais uma das muitas capitais caóticas espalhadas pelo mundo, mesmo assim, foi a segunda cidade mais visitada do planeta em 2006. Bangkok é uma cidade que me lembra muito São Paulo. Na Global Destination Cities Index da Mastercard ela é considerada a cidade mais visitada do mundo, até porque seu Aeroporto é o principal hub de entrada para quem vai visitar o Sudeste Asiático. Foi também escolhida como A Melhor Cidade Turística do Mundo pela revista americana Travel + Leisure por quatro anos seguidos.

Bangkok 2017 e 2019 (33)

Continuar lendo “Bangkok é a Alma do Sudeste Asiático”

Railay Beach! Um Paraíso Roots, na Tailândia

A famosa Praia de Railay fica na província de Krabi, cuja a capital tem o mesmo nome, por onde aterrisamos.

Coloquei Railay no Roteiro devido aos muitos Elogios que li sobre o local. Railay é tida como um dos locais que têm “A Melhor Praia da Tailândia”, e de onde saem muitos passeios bacanas. O único meio de acesso é de barco, apesar de não ser uma ilha, não há acesso por terra.

20171206_163951

20171206_154544

Particularmente, eu adorei, mas tem alguns poréns, que devem fazer Você pensar em se hospedar por lá. Primeiro, porque é meio Roots – para quem não sabe “Roots” é uma palavra inglesa que quer dizer “Raiz”, mas numa outra conotação, também, significa “Rastafári”, “Hippie”. Railay é um lugar sem carros, com pouco comércio, mas bons hotéis e restaurantes. Dependendo de onde se hospedar terá que levar sua bagagem em caminhos de terra e areia. Alguns Hotéis oferecem serviços de transfer desde/para os píers.

Continuar lendo “Railay Beach! Um Paraíso Roots, na Tailândia”